Search

Você pode gostar disso:

Drama Filmes Romance

A Chave de Sarah (“Elle s’appelait Sarah”)

Eu indico A Chave de Sarah  (França, 2010) Durante a

laughingcrying
A Qualquer Custo (2016)
Drama Filmes Romance

A Qualquer Custo (2016)

Dois irmãos, um ex-presidiário e um pai divorciado com dois filhos, estão para perder a fazenda da família no oeste do Texas e decidem assaltar bancos como uma chance de se restabelecerem financeiramente. Só que, no caminho, a dupla se cruza com um delegado, que tudo fará para capturá-los. Dirigido por David Mackenzie.

1 ano de blog
Drama Filmes Romance

1 ano de blog

Neste mês de outubro de 2012 o meu blog faz 1 ano. Fico contente em ter cumprido a meta pessoal de postar 3 filmes por mês, não somente indicando, mas também pesquisando bastante para fazer uma postagem com conteúdo, incluindo - da forma mais clara que consegui - a minha visão sobre cada filme. Os filmes favoritos ficam marcados com o ícone da estrela e com o nome "FAVORITOS".

cryingmoney

9 Canções (Reino Unido, 2004)

9 Songs (Reino Unido, 2004)

O filme narra uma moderna história de amor, de um jovem casal ao longo de um período de doze meses em Londres, Inglaterra: Matt, um climatólogo britânico, e Lisa, uma estudante de intercâmbio americana. A história é construída a partir de uma reflexão pessoal da perspectiva de Matt, quando ele está trabalhando na Antártida. O filme retrata o casal assistindo a nove shows de rock, intercalados por cenas de sexo explícito. Dirigido por Michael Winterbottom.

Sexo, filmes e rock and roll:

Este é um filme britânico que varia entre cenas com show de rock e cenas de sexo explícito. São noves apresentações de bandas britânicas reais, ou seja, shows verdadeiros realizados na Brixton Academy, e para aumentar o realismo das cenas, o diretor arrisca em mostrar os momentos íntimos do casal da forma mais realista possível. Por motivos óbvios, foi controverso em seu lançamento, já que as cenas de sexo não foram simuladas (os atores transaram mesmo) e, na versão sem cortes, tudo é exibido sem filtro.

É importante ter discernimento suficiente para diferenciar um filme erótico e dramático de um filme meramente pornô. 9 Canções é um bom filme, mostra um casal em momentos de intimidade, com sua dose básica de romance e em seu auge sexual. Kieran O’Brien e Margo Stilley foram ousados no papel e merecem crédito, dando ao filme muita popularidade mesmo com conteúdo sexual explícito. Além disso, a narração de Matt é significativa, poética, fazendo até uma metáfora entre a Antártida e a relação a dois.
Com apenas 1 hora e 6 minutos de duração (na versão sem cortes), acabou se tornando o primeiro filme com cenas de sexo explícito que recebeu o certificado de exibição nos cinemas da Inglaterra, França e Irlanda. As cenas de sexo foram rodadas tendo presentes apenas os dois atores, o diretor, o câmera e o responsável pelo som.

“Explorar a Antártida é como explorar o espaço.
Entra num vazio.
Vários quilômetros sem gente, nem animais, ou sequer plantas.
Isolado num continente vasto, vazio.
Claustrofobia e agora fobia no mesmo lugar.
Como duas pessoas numa cama”

As 9 músicas:

Black Rebel Motorcycle Club, “Whatever Happened To My Rock And Roll”
The Von Bondies, “C’mon, C’mon””
Elbow, “Fallen Angel”
Primal Scream, “Movin’ On Up”
Dandy Warhols, “You Were The Last High”
Super Furry Animals, “Slow Life”
Franz Ferdinand, “Jacqueline”
Michael Nyman, “Nadia”
Black Rebel Motorcycle Club, “Love Burns”

Outros filmes:

Com ajuda de amigos no Facebook, montamos o seguinte TOP 20 de bons filmes com conteúdo sexual significativo. Clique no link para ler a nossa resenha de alguns deles:
1. Os Sonhadores (2002), de Bernardo Bertolucci
2. A Cor da Noite (1994), de Richard Rush
3. Instinto Selvagem (1992), de Paul Verhoeven
4. 9 1/2 Semanas de Amor (1986), de Adrian Lyne
5. Mata-me de Prazer (2002), de Chen Kaige
6. Invasão de Privacidade (1993), de Phillip Noyce
7. Shame (2011), de Steve McQueen
8. Ninformaníaca: Volume 1 e Volume 2 (2013), de Lars von Trier
9. Emmanuelle (1974), de Just Jaeckin
10. O Amante de Lady Chatterley (1981), de Just Jaeckin
11. Calígula (1979), de Tinto Brass
12. Delta de Vênus (1995), de Zalman King
13. Perdas e Danos (1992), de Louis Malle
14. A Serbian Film – Terror sem Limites (2010), de Srdjan Spasojevic
15. Carne trêmula (1997), de Pedro Almodóvar
16. Coração Satânico (1987), de Alan Parker
17. Diabo no Corpo (1986), de Marco Bellocchio
18. Azul é a Cor Mais Quente (2013), de Abdellatif Kechiche
19. Último tango em Paris (1972), de Bernardo Bertolucci
20. Três Formas de Amar (1993), de Andrew Fleming

__________________________________
Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/9_Songs

Tags Relacionadas 9 Canções, crítica, crítica 9 Canções, filme 9 Canções, filmes sexo, Michael Winterbottom, Nove Canções, resenha, resenha 9 Canções
Próximo post Post anterior

Você pode gostar disso:

laughingangeltongue
Oito Mulheres e um Segredo (2018)
Ação

Oito Mulheres e um Segredo (2018)

Essa é uma sequência da trilogia com George Clonney e Brad Pitt, que começou com o filme de 2001, uma ótima nova versão do clássico Onze Homens e um Segredo de 1960 (com Frank Sinatra e dirigido por Lewis Milestone). Só que agora temos personagens mulheres estrelando mais um grande roubo. Dirigido por Gary Ross.

laughingtongue
Atômica (2017)
Na pré

Atômica (2017)

A proposta é comum: espionagem, Guerra Fria, não confie em ninguém. Contudo, o enredo consegue ser atraente, a história se desenrola muito bem no roteiro de Kurt Johnstead e as cenas de ação são sensacionais e brutais, sendo postas no filme junto com músicas famosas dos anos 80 e 90. Afinal, o filme se passa em 1989, nessa transição entre duas décadas importantes na história. Os diálogos discutem de forma interessante a Guerra Fria e como os espiões foram importantes para evitar que essa guerra tomasse proporções catastróficas e estourasse como o efeito de uma bomba atômica. Mas bombástica no filme mesmo é a Charlize Theron, sua personagem é encaixada com facilidade nesse cenário onde a sobrevivência é constantemente ameaçada.

angrypunk
Corrente do Mal (It Follows, 2014)
Terror

Corrente do Mal (It Follows, 2014)

A jovem Jay (Maika Monroe) leva uma vida tranquila entre escola, paqueras e passeios no lago. Após uma transa, o garoto com quem passou a noite explica que ele carregava no corpo uma força maligna, transmissível às pessoas apenas pelo sexo. Enquanto vive o dilema de carregar a sina ou passá-la adiante, a jovem começa a ser perseguida por figuras estranhas que tentam matá-la e não são vistas por mais ninguém. Dirigido por David Robert Mitchell.

2 Comentários

Deixe seu comentário

Seus dados estão seguros! Seu endereço de email não será publicado. E seus dados não serão compartilhados com terceiros. Campos obrigatórios marcados como *