Search

Você pode gostar disso:

angelcrying
Um homem chamado Ove (Suécia, 2015)
Filmes

Um homem chamado Ove (Suécia, 2015)

À primeira vista, Ove é o típico rabugento da terceira idade. Morando em um pequeno condomínio de casas no interior da Suécia, o senhor de quase 60 anos se irrita com todos os atos dos vizinhos, que segundo ele, não fazem nada certo. Sem motivações após a morte da mulher e surpreendido por uma demissão após quatro décadas de dedicação ao trabalho, Ove resolve dar um fim a sua vida, mas a chegada de novos vizinhos acaba mudando isso. Uma história que nos ajuda a relembrar que a gentileza, o amor e a felicidade podem ser encontrados nos lugares mais inesperados. Dirigido por Hannes Holm.

crying
Até o fim (“All is lost”, 2013)
Filmes

Até o fim (“All is lost”, 2013)

Um navegador experiente está viajando pelo Oceano Pacífico, quando uma colisão com um container leva à destruição parcial do veleiro. Ele consegue remendar o casco, mas terá a difícil tarefa de resistir às tormentas e aos tubarões para sobreviver, além de contar apenas com mapas e com as correntes marítimas para chegar ao seu destino. Escrito e dirigido por J. C. Chandor.

Filmes

Holy Motors (2012)

Eu indico Holy Motors (França / Alemanha, 2012) Oscar (Denis

A Caça (La Caza, Espanha, 1965)

Eu indico
La Caza (Espanha, 1965)
Um grupo de amigos sai para uma caçada numa região que foi cenário de sangrentos conflitos durante a Guerra Civil Espanhola. Dirigido por Carlos Saura.
Obra rara de Carlos Saura:
Quando pensamos no cinema espanhol, temos que lembrar no mínimo dos diretores Luis Buñuel, Pedro Almodóvar e Carlos Saura. Este último, nascido em 1932, possui um leque de filmes interessantes, muitos premiados. Na oportunidade, posso indicar sem ressalvas os poucos filmes de Saura que pude conferir até então: Cría Cuervos (1975), prêmio especial do juri no Festival de Cannes; Mamãe faz cem anos (1979),nomeado ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro; Deprisa, deprisa (1980),Urso de Ouro no Festival de Berlim; e Ay, Carmela! (1990), vencedor de 13 Prêmios Goya.
A Caça” é mais um grande filme de Saura, quase uma raridade. Considerado uma parábola corajosa sobre a Guerra Civil Espanhola, ganhou o prêmio de melhor diretor (Urso de Prata) no Festival de Berlim de 1966. A ansiedade toma conta do espectador a cada minuto, num ensaiosobreódio e rivalidade, por isso a comparação com a guerra. José, Paco e Luís são três amigos e veteranos de guerra que um dia decidem ir à caça na companhia de Enrique, de 20 anos de idade, em sua primeira excursão. Eles vão praticar o seu esporte favorito nas terras de José (caçar coelhos), onde não há muito tempo uma importante batalha da Guerra Civil ocorreu.
A amizade, desgastada por fatores mundanos, vai sendo substituída por sentimentos de inveja, ódio, maldade e cobiça. E como eles estão num cenário de guerra, armados e caçando animais indefesos, a expectativa de que alguém vai sair dos trilhos tomará conta dos espectadores mais nervosos. Diálogos bem colocados, com destaque para os pesamentos interiores dos personagens enquanto se preparam para caçar, também marcamesteclássico do Cinema Espanhol.
__________________________________
Fontes:
Próximo post Post anterior

Você pode gostar disso:

cryingtongue
Bohemian Rhapsody (2018)
Filmes

Bohemian Rhapsody (2018)

Rami Malek é o ator do ano! O cara está tão bom que chega a assustar. Ele canta em algumas cenas, mas é no grande palco que se torna a encarnação de Freddie Mercury, principalmente no clímax do filme, cantando ou dublando e se mexendo daquele jeito, com toda a performance do artista a ponto de chegarmos a acreditar que estamos assistindo a um show do Queen no telão, para só depois despertarmos e percebermos que é uma encenação. A respeito do artista Freddie Mercury e da banda Queen, Bryan Singer faz bonito demais e celebra de forma emocionante a trajetória da banda, tendo o Freddie Mercury como principal na história.

tonguesurpriseangry
Assassinato no Expresso do Oriente (2017)
Suspense

Assassinato no Expresso do Oriente (2017)

É uma adaptação bem fiel ao livro de Agatha Christie, sendo assim não chega a trazer novidades para quem leu o livro ou assistiu ao primeiro filme. Foi uma escolha de roteiro sem riscos, neste caso pode ter sido a melhor escolha. Como investigação e suspense funciona muito bem e ressalta temas bem presentes nas obras da escritora, como tradição, vingança, poder e justiça. Destaque para Kenneth Branagh que dirige o filme e interpreta o detetive Hercule Poirot.

punk
O Nevoeiro (2007)
Terror

O Nevoeiro (2007)

Após uma violenta tempestade devastar a cidade de Maine, David Drayton (Thomas Jane) e Billy (Nathan Gamble), seu filho de 8 anos, correm rumo ao supermercado, temendo que os suprimentos se esgotem. Porém um estranho nevoeiro toma conta da cidade, o que faz com que David, Billy e outras pessoas fiquem presas no supermercado. Logo David descobre que há algo de sobrenatural envolvido e que, caso deixem o local, isto pode ser fatal.Dirigido por Frank Darabont.

0 Comentário

Sem comentários

Você pode ser o primeiro a comentar este post!

Deixe seu comentário

Seus dados estão seguros! Seu endereço de email não será publicado. E seus dados não serão compartilhados com terceiros. Campos obrigatórios marcados como *