Search

Você pode gostar disso:

Ação Filmes Policial Suspense

Willow – Na Terra da Magia (“Willow”)

Eu indico Willow (EUA, 1988) Willow Ufgood é um anão

Ação Filmes Policial Suspense

Holy Motors (2012)

Eu indico Holy Motors (França / Alemanha, 2012) Oscar (Denis

Ação Filmes Policial Suspense

Síndrome de Caim (“Raising Cain”)

Eu indico Síndrome de Caim (EUA, 1992) Charles Nix (John

laughingsurpriseangry

A Hard Day (Coreia do Sul, 2014)

Kkeutkkaji Ganda (Coreia do Sul, 2014)

A trama acompanha o detetive Ko Gun-Soo que, ao voltar do funeral de sua mãe, atropela um homem em uma estrada escura. Em um momento de desespero, o policial oculta o crime e tenta esconder o corpo. A partir disso, o detetive vai passar por várias situações complicadas. Escrito e dirigido por Kim Seong-hoon.

Por um fio:

Este filme participou do Festival de Cannes de 2014. Carregado de surpresas, principalmente na primeira metade, e de situações tensas onde o personagem principal fica por um fio, é mais uma prova de que a Coreia do Sul sabe fazer bons filmes de suspense e ação. O ator Lee Seon-gyoon interpreta o principal Ko Gun-Soo de forma muito convincente, cada expressão de surpresa, desespero e até alívio fica bem realista. Esperamos ele entrar em pânico a qualquer momento e nos surpreendemos com sua capacidade de manter a calma e sua criatividade para conseguir voltar aos trilhos. Podemos dizer o mesmo do ator Cho Jin-Woong, que interpreta o antagonista Park Chang-Min.
O diretor Kim Seong-hoon intensifica os momentos sufocantes vividos pelo policial, fazendo com que essa tensão se torne o elemento principal do filme, já que a cada momento no qual o personagem resolve um problema, outros desdobramentos não desejados ocorrem e ele precisa continuar enfrentando este dia difícil. É interessante também conferir a polícia da divisão de homicídios coreana de forma realista, com muitos policiais corruptos e que se desviaram da conduta ideal esperada, aproveitando sua posição para se fazer acima da lei.

Acompanhando toda essa situação do ponto de vista de Ko Gun-Soo, acabamos até por sentir uma empatia por ele, mesmo após a sua decisão inicial de esconder o corpo. Junto a isso algumas cenas de ação bem elaboradas e muito mistério, com um diretor que consegue nos transportar para a realidade do filme e sentir a inquietação do protagonista, muitas idas e vindas sem descanso, o filme se torna uma divertida e incômoda atração.
Lembrando que a Coreia do Sul está, em minha visão, na lista dos países com as melhores produções cinematográficas da atualidade. Recomendo conferir a lista de indicações que deixei no final da postagem sobre o filme coreano Eu Vi o Diabo (2010).

__________________________________
Fontes:
http://bogiecinema.blogspot.com.br/2015/05/resenha-critica-hard-day-kkeut-kka-ji.html

Tags Relacionadas Coreia, crítica, Kim Seong-hoon, resenha
Próximo post Post anterior

Você pode gostar disso:

Filmes

Alta Frequência (“Frequency”)

Eu indico Alta Frequência (EUA, 2000) John Sullivan é um

laughingtongue
Kingsman 2: O Círculo Dourado (2017)
Ação

Kingsman 2: O Círculo Dourado (2017)

Um súbito e grandioso ataque de mísseis praticamente elimina o Kingsman, que conta apenas com Eggsy (Taron Egerton) e Merlin (Mark Strong) como remanescentes. Em busca de ajuda, eles partem para os Estados Unidos à procura da Statesman, uma organização secreta de espionagem onde trabalham os agentes Tequila (Channing Tatum), Whiskey (Pedro Pascal), Champagne (Jeff Bridges) e Ginger (Halle Berry). Juntos, eles precisam unir forças contra a grande responsável pelo ataque: Poppy (Julianne Moore), a maior traficante de drogas da atualidade, que elabora um plano para sair do anonimato. Dirigido por Matthew Vaughn.

Filmes

A Fraternidade é Vermelha (“Trois couleurs: Rouge”)

Eu indico A Fraternidade é Vermelha (Polônia / França /

1 Comentário

Deixe seu comentário

Seus dados estão seguros! Seu endereço de email não será publicado. E seus dados não serão compartilhados com terceiros. Campos obrigatórios marcados como *