Search

Você pode gostar disso:

confusedtongueangrypunk
Ao cair da noite (EUA, 2017)
Filmes

Ao cair da noite (EUA, 2017)

Aplaudido no festival de cinema independente Overlook Film Festival, um terror psicológico e, ao mesmo tempo, bastante reflexivo. Paul (Joel Edgerton) mora com sua esposa e o filho numa casa isolada, com uma certa segurança diante de uma espécie de epidemia. Um dia chega uma família desesperada procurando refúgio e eles aceitam. Aos poucos, a paranoia e desconfiança vão aumentando e Paul vai fazer de tudo para proteger sua família contra algo que vem aterrorizando a todos. Escrito e dirigido por Trey Edward Shults.

Filmes

Na Estrada (On The Road, 2011)

Eu indico On The Road (Brasil / França / Reino

coolangelconfusedcryingmoney
Footloose: Ritmo Louco (EUA, 1984 e 2011)
Filmes

Footloose: Ritmo Louco (EUA, 1984 e 2011)

Ren McCormick é um rapaz criado na cidade grande que se muda para uma cidade pequena do interior. Disposto a organizar um baile de formatura, Ren acaba descobrindo que dançar não é permitido na cidade. Apaixonado por música, Ren decide lutar pela restauração da dança na cidade e, em meio a isso, acaba conquistando o coração de Ariel Moore. Entretanto, Ariel é a filha do conservador reverendo Shaw Moore, responsável pelo banimento da dança na cidade, em virtude da morte de seu filho. A versão original (1984) foi dirigida por Herbert Ross e a versão de 2011 por Craig Brewer.

A Última Casa à Esquerda

Eu indico
The Last House on the Left (EUA, 2009)

No dia de seu aniversário de 17 anos, a jovem Mari Collingwood (Sara Paxton) e uma amiga acabam nas mãos de cruéis criminosos que escaparam da prisão, comandados por Krug (Garret Dillahunt). Enquanto seus pais (Tony Goldwyn e Monica Potter) organizavam os preparativos de uma festa surpresa para ela, Mari e sua amiga são violentadas e mortas. No dia seguinte, os assassinos vão refugiar-se exatamente na casa dos pais da vítima, sem imaginar o destino infeliz que os aguardava. Dirigido por Dennis Iliadis, com Wes Craven como produtor.
Família Vingança:
Trata-se de uma segunda refilmagem. O primeiro filme, “A Fonte da Donzela” (“Jungfrukällan”, Suécia, 1959) foi do grande diretor sueco Ingmar Bergman e venceu o Oscar de melhor filme estrangeiro. Depois veio o filme “Aniversário Macabro”, de 1972, que foi dirigido e roteirizado por Wes Craven (conhecido por filmes de terror, entre eles os famosos “Pânico” e “A Hora do Pesadelo”), sendo a sua estreia como diretor, tendo sido proibido a exibição do filme em muitos países por algum tempo, pois trouxe de forma explícita os temas sexo e violência.
O fato de existir uma última casa na rua, com uma família, que o acaso leva a se deparar com um grupo de psicopatas, já dá uma ideia da situação. Entretanto, quem espera falta de originalidade, por similaridade com outros filmes, vai se surpreender positivamente. O filme, até um certo ponto, vai numa linha comum e, de repente, ocorre a grande inversão, de forma bem interessante. A grande sacada é a família composta pelos protagonistas inverter o jogo e tornar a família de assassinos a grande vítima da história. A velha vingança é aplicada de forma tão brutal quanto os próprios assassinos e psicopatas fariam.
Alguns acontecimentos levam a garota Mari e sua amiga a se encontrar com os bandidos, sendo sequestradas e violentadas (em uma entrevista, Sara Paxton revelou que a sequência de estupro levou 17 horas para ser filmada). A família de Mari, posteriormente, abriga a família de psicopatas e acaba descobrindo o que eles fizeram. A grande vantagem da surpresa está nas mãos dos pais… e eles não fazem feio. A forma como a violência aparece é, ao mesmo tempo, explícita e interessante, principalmente nos momentos de vingança que marcam a segunda metade do filme, gerando grande tensão e expectativas crescentes, características de um suspense bem feito.
Podemos sentir um certo prazer em ver os assassinos passarem de predadores à presa e nos questionar até que ponto o ser humano pode chegar para se vingar, de forma cruel, das pessoas que machucaram ou acabaram com a vida de alguém próximo. E até que ponto alguém chegaria para se defender e dar o troco àqueles que merecem.
Próximo post Post anterior

Você pode gostar disso:

laughingtongue
Missão: Impossível – Efeito Fallout (2018)
Na pré

Missão: Impossível – Efeito Fallout (2018)

Missão impossível mesmo é chegar a 6 filmes de uma mesma franquia sem cair no desinteresse do público e, neste caso, este novo filme foi uma missão cumprida! Dirigido por Christopher McQuarrie.

Filmes

Coraline e o Mundo Secreto (“Coraline”)

Eu indico Coraline (EUA, 2008) O filme conta a história

Filmes

A Fraternidade é Vermelha (“Trois couleurs: Rouge”)

Eu indico A Fraternidade é Vermelha (Polônia / França /

0 Comentário

Sem comentários

Você pode ser o primeiro a comentar este post!

Deixe seu comentário

Seus dados estão seguros! Seu endereço de email não será publicado. E seus dados não serão compartilhados com terceiros. Campos obrigatórios marcados como *