Search

Você pode gostar disso:

coolangelconfusedcryingmoney
Footloose: Ritmo Louco (EUA, 1984 e 2011)
Ação Comédia Filmes Na pré

Footloose: Ritmo Louco (EUA, 1984 e 2011)

Ren McCormick é um rapaz criado na cidade grande que se muda para uma cidade pequena do interior. Disposto a organizar um baile de formatura, Ren acaba descobrindo que dançar não é permitido na cidade. Apaixonado por música, Ren decide lutar pela restauração da dança na cidade e, em meio a isso, acaba conquistando o coração de Ariel Moore. Entretanto, Ariel é a filha do conservador reverendo Shaw Moore, responsável pelo banimento da dança na cidade, em virtude da morte de seu filho. A versão original (1984) foi dirigida por Herbert Ross e a versão de 2011 por Craig Brewer.

Ação Comédia Filmes Na pré

A Trilha (“A Perfect Getaway”)

Eu indico A Trilha (EUA, 2009) Cydney (Milla Jovovich) e

Ação Comédia Filmes Na pré

A Noite dos Desesperados (EUA, 1969)

Eu indico They Shoot Horses, Don’t They? (EUA, 1969) Em

laughingangeltongue

Baywatch: SOS Malibu (2017)

Baywatch (2017)

Como comédia, Baywatch funciona muito bem. Com situações engraçadas, utilizando bem os clichês do gênero, assim como atores adequados ao papel, é uma opção certa para quem quer relaxar e se divertir vendo um filme. Dirigido por Seth Gordon.

A proposta é um remake de uma das séries mais famosas na década de 90, conhecida aqui no Brasil como S.O.S. Malibu, na qual salva-vidas atuavam nas praias de Los Angeles, Califórnia. Assistir a essa série nos dias de hoje pode causar risos e estranheza, pois a mesma ficou famosa por entreter espectadores com os corpos sarados dos salva-vidas (homens e mulheres) correndo nas praias, em câmera lenta. Como esperado, o filme explora essa situação de tal forma que faz uma paródia divertida com a própria série. A escolha de Dwayne Johnson e Zac Efron foi certeira neste sentido, já que os atores são como um símbolo de corpos bem trabalhados.

No filme, novatos são agregados à dupla formada por Dwayne Johnson e Ilfenesh Hadera, após uma competição. Como se trata de uma equipe, a boa sinergia entre os atores/personagens foi fundamental para o resultado do filme. Você percebe logo quem vai ser o palhaço do grupo, o metido que acaba sempre ajudando no final, o capitão, as musas, enfim. O ator Jon Bass, que interpreta o Ronnie, apaixonado por uma salva-vidas, rouba algumas cenas como um personagem hilário. Zac Efron é o novato no grupo que vai dar um bom trabalho ao Dwayne Johnson, contudo vai provar o seu valor. O personagem de Zac também garante cenas bem divertidas, já que se torna alvo de algumas confusões e situações inesperadas. As meninas também estão ótimas: Kelly Rohrbach garante na sensualidade e Alexandra Daddario é a novata focada no seu trabalho.

Dwayne Johnson (o “The Rock”) dispensa comentários. Atualmente um dos atores mais carismáticos do cinema, ele é uma mistura de músculos e simpatia, nem precisa se esforçar para agradar a cada cena. Para somar ao elenco, os atores principais da série original, David Hasselhoff e Pamela Anderson, fazem pontas no filme, agradando aos fãs da série e fortalecendo o longa como remake.

Contudo, nem só de comédia se sustenta o longa. Em meio a cenas absurdas, ele contém algumas lições bacanas a respeito de trabalho em equipe e a importância de tomar ações que vão além do seu quadrado, afinal o grupo não se contenta em salvar pessoas de afogamento, como também se envolve na solução de problemas com drogas e crimes na região diante do comodismo da polícia local. O melhor de tudo foi mostrar que, qualquer que seja o seu trabalho, ele tem um propósito e importância maiores do que você poderia imaginar. Mitch (Dwayne Johnson) introduz frases de efeito que ensinam e inspiram a equipe, ressaltando a importância do trabalho deles, mostrando que salvar vidas na praia pode ser mais importante e gratificante do que ficar em escritórios. Numa dessas lições, ele mostra a importância de ser cauteloso e agir no momento certo, como fazem os tubarões, que vivem se movimentando lentamente, exceto na hora de atacar.

Tags Relacionadas David Hasselhoff, Dwayne Johnson, Malibu, Pamela Anderson, salva-vidas, SOS Malibu, The rock, Zac Efron
Próximo post Post anterior

Você pode gostar disso:

Filmes

Gilbert Grape – Aprendiz de Sonhador (“What’s Eating Gilbert Grape?”)

combinada Eu indico Gilbert Grape – Aprendiz de Sonhador (EUA,

laughingmoustache
Maze Runner – Correr ou Morrer (2014)
Ação

Maze Runner – Correr ou Morrer (2014)

Ao acordar dentro de um escuro elevador em movimento, Thomas (Dylan O'Brien) chega à “Clareira”, se vendo rodeado por garotos que o acolhem. O local é um espaço aberto cercado por muros gigantescos. Assim como Thomas, nenhum deles sabe como foi parar ali, nem por quê. Sabem apenas que todas as manhãs as portas de pedra do Labirinto que os cerca se abrem, e, à noite, se fecham. E que a cada trinta dias um novo garoto é entregue pelo elevador. Dirigido por Wes Ball e roteiro de Noah Oppenheim.

Filmes

L’Apollonide: Os Amores da Casa de Tolerância

Eu indico L’Apollonide: Souvenirs de la Maison Close (França, 2011)

0 Comentário

Sem comentários

Você pode ser o primeiro a comentar este post!

Deixe seu comentário

Seus dados estão seguros! Seu endereço de email não será publicado. E seus dados não serão compartilhados com terceiros. Campos obrigatórios marcados como *