Search

Você pode gostar disso:

cryingtongue
Dunkirk (2107)
Ação Comédia Filmes Na pré

Dunkirk (2107)

Baseado na história real da Operação Dínamo, mais conhecida como a Evacuação de Dunkirk, operação militar que aconteceu no início da Segunda Guerra Mundial. Tropas britânicas e aliadas cercadas por forças inimigas, encurralados na praia e com o mar em suas costas, enfrentam uma situação impossível à medida que os inimigos se aproximam. Dirigido por Christopher Nolan.

Ação Comédia Filmes Na pré

A Última Casa à Esquerda

Eu indico The Last House on the Left (EUA, 2009)

confusedangrypunk
Rare Exports: a Christmas Tale (Finlândia, 2010)
Ação Comédia Filmes Na pré

Rare Exports: a Christmas Tale (Finlândia, 2010)

Durante escavações no Monte Korvatunturi (Finlândia), um ser estranho é descoberto congelado. Os responsáveis pelo achado identificam-no como o verdadeiro Papai Noel e tentam vendê-lo. Misteriosamente as crianças da cidade começam a desaparecer, junto com fogões e aquecedores. Além disso, são encontradas dezenas de renas mortas e mutiladas. Dirigido por Jalmari Helander.

laughingangeltongue

Deadpool 2 (2018)

Deadpool 2 (EUA, 2018)

O grande risco dessa continuação foi o sucesso do primeiro filme, que apresentou bem o personagem e fez algumas paródias e perturbações com outros personagens, principalmente com os X-Men. Contudo, essa sequência é um filme extremamente divertido que consegue manter o universo único do Deadpool, fora do contexto tradicional de filmes de herói, com novas piadas e, principalmente, muitos personagens que são bem aproveitados, principalmente na ação e comédia apresentadas que prevalecem sobre a tímida parte dramática da trama, focada mais no drama vivido pelos mutantes jovens.

Desde os trailers já se criou uma expectativa que este seguiria a lógica do anti-héroi, mercenário doido e desbocado. E o filme soube como começar, se desenvolver e terminar (sim, pós créditos dos melhores) nessa linha do que queremos de um filme do Deadpool interpretado pelo Ryan Reynolds. Diretor e personagem se aproveitam de cada situação para fazer referências, normalmente debochadas e despretensiosas de outros heróis, celebridades, filmes de todo o tipo e todas as épocas, músicas, animações, clássicos, enfim. E nenhum universo pode escapar da perturbação de Deadpool, seja Marvel ou DC. As músicas selecionadas para o filme são das melhores e ficam em sintonia com as cenas para nos fazer, normalmente, cair na gargalhada, mesmo com direito a George Michael e A-Ha. Aliás, a presença de All Out of Love, do Air Supply, é sempre bem vinda. Todo o tipo de clichê aqui é proposital e alvo de piadas feitas pelo Deadpool, que até um tema de abertura foi colocado.

Podemos dizer que este é um filme carregado de algo parecido com os Easter Eggs, pois são muitas referências e nem todas serão claras para a maioria dos espectadores. Os mais nerds vão aproveitar melhor, mas não há como alguém não se identificar com algo neste filme.

Ryan Reynolds, desde o primeiro, mostrou estar no papel certo. Acho que ninguém mais aceitaria um Deadpool que não fosse ele. E o mais legal é saber que ele insiste – e pode conseguir – na presença do Hugh Jackman para uma próxima sequência, até porque este é o ídolo do personagem e imaginem como ficaria um Logan novamente interpretado pelo Hugh Jackman num filme de Deadpool! Torcemos…

As sequências do longa, bem violentas e com muito humor negro, mostram um Deadpool detonando junto com outros aliados e contra novos inimigos. Temos uma sequência de perseguição na cidade que é bombástica, tendo destaque para o inimigo da vez – que é o ator-vilão da vez – Cable (Josh Brolin, muito legal no papel e que sempre será lembrado como Thanos) e a surpreendente Dominó (Zazie Beetz) mostrando um tipo de ação diferente. Todos os personagens, mesmo aqueles com pouca participação em cena, foram bem aproveitados e interpretados por ótimos atores. O diretor David Leitch carregou o filme de cenas cômicas e de ação, sempre misturadas.

Numa estrutura de vários momentos como que fossem piadas separadas mas dentro de uma sequência narrativa, quase uma desculpa para as piadas e referências, este filme funciona, sempre fora da curva por estar fora do senso tradicional. Entre a ironia e a seriedade, apesar de ter uma dramatização, a seriedade sai perdendo muito… mas Deadpool não é isso? E independente da tão exigida fidelidade à HQ, ou da inevitável comparação ao primeiro filme, este aqui é muito divertido.

Tags Relacionadas crítica, crítica deadpool, crítica deadpool 2, Deadpool, deadpool 2, filme deadpool, Hugh Jackman, Josh Brolin, resenha, resenha deadpool 2, Ryan Reynolds
Próximo post Post anterior

Você pode gostar disso:

Filmes

EuroTrip – Passaporte para a Confusão

Eu indico EuroTrip (EUA, 2004) Logo após sua formatura, Scott

tonguepunk
Annabelle 2: A Criação do Mal (2017)
Terror

Annabelle 2: A Criação do Mal (2017)

Não podemos negar que o diretor David F. Sandberg conseguiu manter o nível do precursor James Wan, criador de Invocação do Mal e toda essa franquia que também incluí Annabelle e os futuros filmes A Freira e Invocação do Mal 3. A conexão que este filme faz com os anteriores é bem feita, disposta no meio da trama para agradar aos fãs e, para melhorar, esse filme é infinitamente superior ao primeiro Annabelle, que não agradou. É o mesmo diretor de Quando as Luzes se Apagam, que merece ser visto também. O roteiro é do mesmo do primeiro Annabelle, Gary Daubermann. E, é claro, James Wan está na produção, cuidando de seu legado.

clownsecret
O Homem que Engarrafava Nuvens (Brasil, 2009)
DOC

O Homem que Engarrafava Nuvens (Brasil, 2009)

Documentário nacional que conta a história do baião através da ascensão e queda de um de seus maiores expoentes, o letrista e compositor Humberto Teixeira, conhecido como o "doutor do baião". Responsável por clássicos como "Asa Branca" e "Adeus Maria Fulô", Teixeira atingiu o estrelato nos anos 50 mas acabou quase esquecido. Na década seguinte, com o surgimento da bossa nova, o baião quase caiu na obscuridade. Dirigido por Lírio Ferreira.

0 Comentário

Sem comentários

Você pode ser o primeiro a comentar este post!

Deixe seu comentário

Seus dados estão seguros! Seu endereço de email não será publicado. E seus dados não serão compartilhados com terceiros. Campos obrigatórios marcados como *