Search

Você pode gostar disso:

Ação Comédia Destaques Filmes Na pré

O Último Boy Scout (EUA, 1991)

Eu indico The Last Boy Scout (EUA, 1991) Los Angeles.

Ação Comédia Destaques Filmes Na pré

Goodnight Mommy (Áustria, 2015)

No calor do verão, uma casa isolada no campo, entre bosques e campos de milho. Gêmeos de dez anos de idade esperam por sua mãe. Quando ela volta, com a cabeça envolta em ataduras após uma cirurgia plástica, nada é como era antes. Severa e distante, ela fecha a família para o mundo exterior. Começando a duvidar que esta mulher é realmente sua mãe, os meninos estão determinados a encontrar a verdade de qualquer maneira. Dirigido por Severin Fiala e Veronika Franz.

Ação Comédia Destaques Filmes Na pré

A Onda (“Die Welle”, Alemanha, 2008)

Eu indico Die Welle (Alemanha, 2008) Em uma escola na

laughingangeltongue

Deadpool 2 (2018)

Deadpool 2 (EUA, 2018)

O grande risco dessa continuação foi o sucesso do primeiro filme, que apresentou bem o personagem e fez algumas paródias e perturbações com outros personagens, principalmente com os X-Men. Contudo, essa sequência é um filme extremamente divertido que consegue manter o universo único do Deadpool, fora do contexto tradicional de filmes de herói, com novas piadas e, principalmente, muitos personagens que são bem aproveitados, principalmente na ação e comédia apresentadas que prevalecem sobre a tímida parte dramática da trama, focada mais no drama vivido pelos mutantes jovens.

Desde os trailers já se criou uma expectativa que este seguiria a lógica do anti-héroi, mercenário doido e desbocado. E o filme soube como começar, se desenvolver e terminar (sim, pós créditos dos melhores) nessa linha do que queremos de um filme do Deadpool interpretado pelo Ryan Reynolds. Diretor e personagem se aproveitam de cada situação para fazer referências, normalmente debochadas e despretensiosas de outros heróis, celebridades, filmes de todo o tipo e todas as épocas, músicas, animações, clássicos, enfim. E nenhum universo pode escapar da perturbação de Deadpool, seja Marvel ou DC. As músicas selecionadas para o filme são das melhores e ficam em sintonia com as cenas para nos fazer, normalmente, cair na gargalhada, mesmo com direito a George Michael e A-Ha. Aliás, a presença de All Out of Love, do Air Supply, é sempre bem vinda. Todo o tipo de clichê aqui é proposital e alvo de piadas feitas pelo Deadpool, que até um tema de abertura foi colocado.

Podemos dizer que este é um filme carregado de algo parecido com os Easter Eggs, pois são muitas referências e nem todas serão claras para a maioria dos espectadores. Os mais nerds vão aproveitar melhor, mas não há como alguém não se identificar com algo neste filme.

Ryan Reynolds, desde o primeiro, mostrou estar no papel certo. Acho que ninguém mais aceitaria um Deadpool que não fosse ele. E o mais legal é saber que ele insiste – e pode conseguir – na presença do Hugh Jackman para uma próxima sequência, até porque este é o ídolo do personagem e imaginem como ficaria um Logan novamente interpretado pelo Hugh Jackman num filme de Deadpool! Torcemos…

As sequências do longa, bem violentas e com muito humor negro, mostram um Deadpool detonando junto com outros aliados e contra novos inimigos. Temos uma sequência de perseguição na cidade que é bombástica, tendo destaque para o inimigo da vez – que é o ator-vilão da vez – Cable (Josh Brolin, muito legal no papel e que sempre será lembrado como Thanos) e a surpreendente Dominó (Zazie Beetz) mostrando um tipo de ação diferente. Todos os personagens, mesmo aqueles com pouca participação em cena, foram bem aproveitados e interpretados por ótimos atores. O diretor David Leitch carregou o filme de cenas cômicas e de ação, sempre misturadas.

Numa estrutura de vários momentos como que fossem piadas separadas mas dentro de uma sequência narrativa, quase uma desculpa para as piadas e referências, este filme funciona, sempre fora da curva por estar fora do senso tradicional. Entre a ironia e a seriedade, apesar de ter uma dramatização, a seriedade sai perdendo muito… mas Deadpool não é isso? E independente da tão exigida fidelidade à HQ, ou da inevitável comparação ao primeiro filme, este aqui é muito divertido.

Tags Relacionadas crítica, crítica deadpool, crítica deadpool 2, Deadpool, deadpool 2, filme deadpool, Hugh Jackman, Josh Brolin, resenha, resenha deadpool 2, Ryan Reynolds
Post anterior

Você pode gostar disso:

laughingangry
O Hospedeiro (“Gwoemul”)
Filmes

O Hospedeiro (“Gwoemul”)

Na beira do rio Han, moram Hee-bong e sua família, donos de uma barraquinha de comida no parque. Seu filho mais velho, Gang-du, tem 40 anos, mas é um tanto imaturo; a filha do meio é arqueira do time olímpico coreano; e o filho mais novo está desempregado. Todos cuidam da menina Hyun-seo, filha de Gang-du, cuja mãe saiu de casa há muito tempo. Um dia, surge um monstro no rio, causando terror nas margens e levando com ele a neta querida de Hee-bong. É a hora da verdade para cada membro da família, que decide enfrentar o monstro em busca da menina.

crying
Sete minutos depois da meia-noite (2017)
Drama

Sete minutos depois da meia-noite (2017)

Conor é um garoto de 13 anos de idade, com muitos problemas na vida. No entanto, todas as noites ele se depara com uma gigantesca árvore-monstro que decide contar histórias para ele, em troca de escutar uma história do garoto. Embora as conversas com a árvore tenham consequências na vida real, elas ajudam Conor a escapar das dificuldades através do mundo da fantasia. Dirigido por Juan Antonio Bayona.

confusedcryingstarmoustacheangry
Donnie Darko (2001)
Favoritos

Donnie Darko (2001)

Donnie é um jovem excêntrico que despreza a grande maioria de seus colegas de escola. Ele tem visões, em especial de Frank, um coelho gigante que só ele consegue ver e que o encoraja a fazer brincadeiras humilhantes com quem o cerca. Um dia, uma de suas visões o atrai para fora de casa e lhe diz que o mundo acabará dentro de um mês. Donnie inicialmente não acredita, mas, momentos depois, a turbina de um avião cai em sua casa e ele começa a se perguntar qual é o fundo de verdade dessa previsão.

0 Comentário

Sem comentários

Você pode ser o primeiro a comentar este post!

Deixe seu comentário

Seus dados estão seguros! Seu endereço de email não será publicado. E seus dados não serão compartilhados com terceiros. Campos obrigatórios marcados como *