Search

Você pode gostar disso:

Drama Filmes Romance

O discreto charme da burguesia (Espanha, 1972)

Eu indico Le charme discret de la bourgeoisie(França / Itália

laughingangeltongue
Jumanji: Bem-Vindo à Selva (2017)
Drama Filmes Romance

Jumanji: Bem-Vindo à Selva (2017)

Dirigido por Jake Kasdan, o filme vai na carona da empolgante música do Guns N' Roses, “Welcome to the jungle”, usada também no subtítulo do filme, somos inseridos na terra de Jumanji, com florestas densas e criaturas perigosas, além dos inimigos humanos. A diversidade ecológica se mistura à diversidade dos personagens, sendo assim o roteiro acerta um pouco em investir na questão da diversidade na medida em que junta um nerd, uma patricinha que adora exposição, um jogador de futebol popular que não estuda e uma menina estranha e tímida.

moustachetongueangry
Vida (2017)
Drama Filmes Romance

Vida (2017)

Uma equipe de seis astronautas da Estação Espacial Internacional descobre sinais de vida inteligente em Marte e a investigação do fato gera consequências inimagináveis. Dirigido por Daniel Espinosa.

cryingmoney

Delta de Vênus (1995)

Delta of Venus (EUA, 1995)

Na procura de uma matéria provocante, Elena, uma jovem escritora, parte numa aventura excitante e exótica na cidade de Paris, onde suas fantasias se tornam realidade, acordando-a para seu próprio poder sensual e seus desejos. Dirigido por Zalman King.

Elena:

Anais Nin escreveu o livro Delta de Vênus em 1978, que lida com diversos temas sexuais, do ponto de vista da mulher, sendo a escritora bem elogiada por conseguir ir além da pornografia. O filme de 1995 é uma adaptação desta obra, dirigido por Zalman King que é conhecido por outros filmes nesta mesma proposta, cujos títulos dizem tudo: Orquídea Selvagem (1989), Um toque de Sedução (1988), 9 1/2 Semanas de Amor (1986). Este último ele não dirigiu, mas participou da produção.

A obra erótica de Anais Nin é traduzida para as telonas de forma ousada, com muitas cenas explícitas e interessantes. Então, não deixe de conferir a versão sem cortes e tenha a mente aberta, que é uma característica marcante nos leitores fãs de Anais Nin. A crítica ao filme foi fervorosa, muitos defendem que foi uma traição à obra da escritora. Enfim, às vezes é melhor desassociar uma coisa da outra e aproveitar o filme, que é bem legal.
No filme, a escritora americana Elena (Audie England) se envolve com um romancista francês (Costas Mandylor) num relacionamento ardente. Mas isso é só o começo de tudo que o filme vai oferecer. O clima da 2ª Guerra Mundial chegando só intensifica, talvez, a vontade de Elena em aproveitar a vida e expandir suas experiências sexuais, sem perder de vista a busca pela paixão. Vários contos do livro são vivenciados no filme pela protagonista. E nada melhor do que a cidade de Paris para servir de palco.

Com certeza vala a pena conferir a atriz Audie England, que interpreta Elena, linda, charmosa, muito sensual e sem problemas para encarar este papel difícil. Talvez o maior mérito do filme seja ela. A atriz tinha 23 anos na época do filme e, a partir deste, ela atuou em outros filmes até 1999.

Aproveitando o tema, vale a pena conferir a lista dos vinte grandes filmes picantes (com conteúdo sexual significativo, mas sem se perder no enredo) que selecionei com uns amigos e publiquei no final da postagem do filme 9 canções. Confira neste link.

__________________________________
Fontes:
http://www.ladydanger.com.br/2014/04/dldotigre-delta-de-venus-anais-nin.html

Tags Relacionadas crítica, crítica Delta de Vênus, Delta de Vênus, filme Delta de Vênus, resenha, resenha Delta de Vênus, Zalman King
Próximo post Post anterior

Você pode gostar disso:

cryingsecretangry
Para Minha Amada Morta (Brasil, 2016)
Suspense

Para Minha Amada Morta (Brasil, 2016)

Após a morte de sua esposa, o fotógrafo Fernando torna-se um homem calado e introspectivo. Ele vive cercado de objetos pessoais da falecida até descobrir, em uma fita VHS, uma surpresa que coloca em dúvida o amor da esposa por ele. A partir de então Fernando decide investigar a verdade por trás destas imagens.

laughingangeltongue
Lego Ninjago (2017)
Na pré

Lego Ninjago (2017)

Este é o terceiro “Filme Lego” que funcionou bem, tivemos antes “Uma Aventura LEGO” (2014), que poderia ter recebido o Oscar de melhor animação e deixou pessoas boquiabertas com o formato da animação, na medida que peças e bonecos Lego montam os cenários e as cenas ao longo do filme; e ainda tivemos, este ano, “Lego Batman: O Filme” (2017), com ótima qualidade visual, aventura e piadas hilárias no universo dos heróis. Phil Lord e Chris Miller, diretores e roteiristas do primeiro filme, produtores do "Lego Batman: O Filme", estão na produção deste novo filme, que ficou com a direção de Charlie Bean.

coolcrying
Esperança e Glória (Reino Unido, 1987)
Filmes

Esperança e Glória (Reino Unido, 1987)

Uma autobiografia do diretor John Boorman, nascido e criado em Londres, durante a Segunda Guerra Mundial. O filme relata a história de um garoto de nove anos que relembra os horrores de uma Inglaterra devastada por bombardeios durante a guerra.

0 Comentário

Sem comentários

Você pode ser o primeiro a comentar este post!

Deixe seu comentário

Seus dados estão seguros! Seu endereço de email não será publicado. E seus dados não serão compartilhados com terceiros. Campos obrigatórios marcados como *