Search

Você pode gostar disso:

confusedcryingstar
Síndromes e um século (Tailândia, 2006)
Filmes

Síndromes e um século (Tailândia, 2006)

Situações aparentemente insignificantes ganham um grande significado nesta obra cinematográfica do diretor tailandês Apichatpong Weerasethakul. Retrato da modernização da Tailândia e as síndromes do século, através de situações em um hospital.

Filmes

Argo

Eu indico Argo (EUA, 2012) Baseado em fatos reais, acompanha

Filmes

Traídos pelo Desejo (“The Crying Game”, 1992)

Eu indico The Crying Game (Reino Unido /  Irlanda /

Dúvida

Eu indico
Doubt (EUA, 2008)

O filme é passado em 1964 onde o carismático padre Flynn (Philip Seymour Hoffman) tenta acabar com os rígidos costumes da escola St. Nicholas, localizada no Bronx. A diretora do local é a irmã Aloysius Beauvier (Meryl Streep), que acredita no poder do medo e da disciplina. A escola aceitou recentemente seu primeiro aluno negro, Donald Miller (Joseph Foster), devido às mudanças políticas da época. Um dia a irmã James (Amy Adams) conta à diretora suas suspeitas sobre o padre Flynn, de que esteja dando atenção demais a Donald. É o suficiente para que a irmã Aloysius inicie uma cruzada moral contra o padre, tentando a qualquer custo expulsá-lo da escola. Escrito e dirigido por John Patrick Shanley.

A dúvida e a fé:
“Certa vez houve uma mulher que falava mal de todo mundo e um padre manda que ela esfaqueie um travesseiro de penas. As penas começam a voar e o padre pede a ela para recolher todas as penas, mas ela diz que o vento as levou. É aí que o padre diz: assim é a fofoca”.
Esta situação é contata pelo padre Flynn em um sermão sobre a fofoca, e o filme nos mostra a cena com a situação que ele descreve, para atingir a irmã Aloysius Beauvier. A oportunidade de ver Philip Seymour Hoffman contracenando com Meryl Streep, com direito a uma participação de Viola Davis, e também da não menos importante Amy Adams, já vale a sessão. Como já suspeitado, os quatro receberam indicações por sua atuação, em diversos prêmios importantes, tendo o Oscar e Globo de Ouro entre eles. O roteiro também recebeu indicação de melhor adaptação, sendo baseado numa peça de teatro premiada. A história foi adaptada pelo próprio autor do trabalho teatral, o que confere um trabalho mais fiel.
Partindo de um tema que é presente na esfera da Igreja Católica – o abuso sexual de padres contra crianças de suas paróquias – o filme é muito mais do que isso. Mostra até onde pode ir uma desconfiança, gerada por uma fofoca, através de um conflito constante entre a Irmã Aloysius, com os valores tradicionais e enraizados de uma Igreja, e o Padre Flynn, que mostra uma predisposição para mudanças, envolvimento com a população e um lado mais modernizador da Igreja. O conflito tem início quando surge a suspeita de que o padre tenha um envolvimento sexual com um garoto negro, e a culpabilidade não comprovada, gerando uma dúvida cruel no espectador, permeia todo o filme de uma forma que prende a atenção. A grande discussão entre a Irmã Aloysius e o padre Flynn, numa cena fantástica, é uma guerra interna, com diálogos bem pensados quando cada personagem se dirige ao outro, criando situações subentendidas, acusações indiretas e muito julgamento e controle emocional. Viola Davis aparece em praticamente uma única cena, como a mãe de Douglas, e vemos o preconceito da época e a situação cruel onde ela e seu filho se encontram, onde o garoto precisa de um homem que goste dele (mesmo que seja um padre que pode estar abusando do garoto).
Um filme sobre a fé em contraste com a dúvida, a força da desconfiança e do pecado, dentro de um cenário onde as convicções são muito fortes. Mesmo que as coisas não fiquem claras, é prazeroso ver a forma como os personagens carregam suas dúvidas, suas convicções e, talvez, suas culpas.

http://moviesense.wordpress.com/2009/01/26/doubt-duvida/

Próximo post Post anterior

Você pode gostar disso:

Filmes

Respire (França, 2014)

Eu indico Respire (França, 2014) Charlie (Joséphine Japy) tem 17

laughingpunk
Águas rasas (2016)
Ação

Águas rasas (2016)

Nancy (Blake Lively) é uma jovem médica que está tendo de lidar com a recente perda da mãe. Seguindo uma dica sua, ela vai surfar em uma paradisíaca praia isolada, onde acaba sendo atacada por um enorme tubarão. Desesperada e ferida, ela consegue se proteger temporariamente em um recife de corais, mas precisa encontrar logo uma maneira de sair da água. Dirigido por Jaume Collet-Serra.

cryingstar
Boyhood – Da Infância à Juventude (EUA, 2014)
Filmes

Boyhood – Da Infância à Juventude (EUA, 2014)

Filmado durante 12 anos (começou em 2002), este filme é um retrato dessas experiências, da infância até a juventude, focada na vida de um garoto. O diretor Richard Linklater manteve os mesmos atores durante os 12 anos de produção, cada ano reunia a todos e filmava um pouco mais.

0 Comentário

Sem comentários

Você pode ser o primeiro a comentar este post!

Deixe seu comentário

Seus dados estão seguros! Seu endereço de email não será publicado. E seus dados não serão compartilhados com terceiros. Campos obrigatórios marcados como *