Search

Você pode gostar disso:

Filmes

A Chave de Sarah (“Elle s’appelait Sarah”)

Eu indico A Chave de Sarah  (França, 2010) Durante a

angrypunk
Corrente do Mal (It Follows, 2014)
Filmes

Corrente do Mal (It Follows, 2014)

A jovem Jay (Maika Monroe) leva uma vida tranquila entre escola, paqueras e passeios no lago. Após uma transa, o garoto com quem passou a noite explica que ele carregava no corpo uma força maligna, transmissível às pessoas apenas pelo sexo. Enquanto vive o dilema de carregar a sina ou passá-la adiante, a jovem começa a ser perseguida por figuras estranhas que tentam matá-la e não são vistas por mais ninguém. Dirigido por David Robert Mitchell.

laughingcryingmoustache
O Predestinado (Austrália, 2014)
Filmes

O Predestinado (Austrália, 2014)

Um agente temporal (Ethan Hawke) trabalha para uma organização secreta que procura criminosos e os captura antes que eles cometam o delito. Após anos de trabalho, ele encara sua última missão antes de se aposentar: capturar um criminoso responsável por grandes atentados, sendo um em 1975, deixando mais de 11 mil mortos em Nova York. Dirigido por Michael e Peter Spierig.

Kung Fury (2015)

Eu indico
Kung Fury (EUA / Suécia, 2015)

Kung Fury é um policial de Miami nos anos 80, precisa viajar no tempo para matar Adolf Hitler, conhecido como Kung “Führer”. Entretanto, a máquina do tempo envia ele para Asgard, na era Vinking, onde vai contar com a ajuda de outros para completar sua missão. Dirigido por David Sandberg.
Kung Fury versus Kung Führer:
Kung Fury é um curta-metragem recente, realizado em 2015. Muita ação e comédia, tiros e artes marciais, estrelado por David Sandberg, então diretor e protagonista. É uma clara homenagem aos filmes de ação dos anos 80, ou melhor, homenageia a década de 1980, sua cultura, principalmente relacionada a filmes, séries e aos games. Assistindo ao curta, fica a sensação de assistir a algum filme de fato realizado na década de 1980, embora os efeitos especiais sejam melhores. O que pode ser detectado como falha é, na verdade, algo proposital para manter a característica e a homenagem. Até a estética dos filmes em fita de VHS é considerada.
Um policial durão aprende, em alguns segundos, a arte do Kung Fu, da forma mais inconcebível possível, o que já vai arrancar algumas risadas dos espectadores. Ele mora em Miami e resolve as questões que a polícia não consegue, como combater a um fliperama vivo e enlouquecido. É assim mesmo que começa a trama. Esse curta garante diversão, é uma excelente opção para passar o tempo e para quem gosta de nostalgia anos 80!
O roteiro é uma série de desculpas absurdas e hilárias para encadear uma trama de ação e fazer referências à década de 1980. Faz muita paródia a filmes policiais e de artes marciais desse período. David Sandberg, como diretor, é quase um ser excepcional como o seu personagem Kung Fury, ao produzir tanta coisa em pouco mais de 30 minutos de duração. Ele mesmo teve a ideia de buscar financiamento em um site de financiamento coletivo (Kickstarter). Mais de 17 mil pessoas doaram, o que gerou mais de US$ 630 mil dólares para produzir o filme. O diretor já afirmou também que o projeto deve virar um longa, passando por novas gravações de todas as cenas.
O curta pode ser visto online, grátis para todos, pois após alcançar a meta do financiamento, ele foi disponibilizado dessa forma. Li em algum lugar e reproduzo aqui: “Para tudo que estiver fazendo e vá assistir Kung Fury!”
__________________________________
Fontes:
Próximo post Post anterior

Você pode gostar disso:

cryingangry
A Mão do Diabo (Frailty)
Drama

A Mão do Diabo (Frailty)

A história se passa numa cidadezinha do interior do Texas. Fenton Meeks (Matthew McConaughey), depois de ficar sabendo de uma série de assassinatos, vai até a delegacia e declara que sabe de coisas que podem resolver o caso do "Mãos de Deus", um serial killer que já matou 6 pessoas. Fenton diz que seu irmão Adam é o responsável pelas mortes e o xerife local vai ouvindo sua história, carregada de trágicos acontecimentos que marcaram a infância do garoto. Dirigido por Bill Paxton.

cryingsecret
Mãe só há uma (Brasil, 2016)
Nacional

Mãe só há uma (Brasil, 2016)

Anna Muylaert dirige este filme nacional que poderia vencer um Oscar. Baseado em um caso real, mostra um garoto de 16 anos que descobre que sua mãe não é biológica, quando a mesma é presa pela polícia. Confuso e tendo que morar com seus parentes verdadeiros, que o conhecem como Felipe, o rapaz tem que se adaptar à nova realidade.

cryingsecret
A Coleção Invisível (Brasil, 2012)
Nacional

A Coleção Invisível (Brasil, 2012)

A família de Beto (Wladimir Brichta) é dona de uma tradicional loja de antiguidades que está passando por uma crise financeira. Para tentar solucionar este problema ele se lança numa viagem até a cidade de Itajuípe, interior da Bahia, atrás de uma coleção raríssima de gravuras que foi adquirida há 30 anos por um antigo cliente, o colecionador Samir (Walmor Chagas). Entretanto, logo ao chegar Beto enfrenta uma forte resistência da esposa dele e de sua filha Saada (Ludmila Rosa). Dirigido por Bernard Attal.

0 Comentário

Sem comentários

Você pode ser o primeiro a comentar este post!

Deixe seu comentário

Seus dados estão seguros! Seu endereço de email não será publicado. E seus dados não serão compartilhados com terceiros. Campos obrigatórios marcados como *