Search

Você pode gostar disso:

Filmes

EuroTrip – Passaporte para a Confusão

Eu indico EuroTrip (EUA, 2004) Logo após sua formatura, Scott

angelcrying
Docinho da américa (EUA, 2016)
Filmes

Docinho da américa (EUA, 2016)

Uma adolescente de espírito livre foge de casa e parte numa viagem ao longo dos Estados Unidos. Para sobreviver, a jovem vende assinaturas de revistas, enquanto curte festas, se apaixona pela primeira vez e também acaba se envolvendo em crimes. Dirigido por Andrea Arnold.

crying
César Deve Morrer (Itália, 2012)
Filmes

César Deve Morrer (Itália, 2012)

Na prisão de segurança máxima de Rebibbia, Roma, um grupo de prisioneiros encena a peça "Júlio César", de William Shakespeare. Pelos corredores, fala-se de morte, liberdade, vingança. Realidades presentes no texto shakespeariano, mas também nas suas próprias histórias. Dirigido pelos irmãos Paolo e Vittorio Taviani, o filme venceu o Urso de Ouro no Festival de Berlim 2012.

Kung Fury (2015)

Eu indico
Kung Fury (EUA / Suécia, 2015)

Kung Fury é um policial de Miami nos anos 80, precisa viajar no tempo para matar Adolf Hitler, conhecido como Kung “Führer”. Entretanto, a máquina do tempo envia ele para Asgard, na era Vinking, onde vai contar com a ajuda de outros para completar sua missão. Dirigido por David Sandberg.
Kung Fury versus Kung Führer:
Kung Fury é um curta-metragem recente, realizado em 2015. Muita ação e comédia, tiros e artes marciais, estrelado por David Sandberg, então diretor e protagonista. É uma clara homenagem aos filmes de ação dos anos 80, ou melhor, homenageia a década de 1980, sua cultura, principalmente relacionada a filmes, séries e aos games. Assistindo ao curta, fica a sensação de assistir a algum filme de fato realizado na década de 1980, embora os efeitos especiais sejam melhores. O que pode ser detectado como falha é, na verdade, algo proposital para manter a característica e a homenagem. Até a estética dos filmes em fita de VHS é considerada.
Um policial durão aprende, em alguns segundos, a arte do Kung Fu, da forma mais inconcebível possível, o que já vai arrancar algumas risadas dos espectadores. Ele mora em Miami e resolve as questões que a polícia não consegue, como combater a um fliperama vivo e enlouquecido. É assim mesmo que começa a trama. Esse curta garante diversão, é uma excelente opção para passar o tempo e para quem gosta de nostalgia anos 80!
O roteiro é uma série de desculpas absurdas e hilárias para encadear uma trama de ação e fazer referências à década de 1980. Faz muita paródia a filmes policiais e de artes marciais desse período. David Sandberg, como diretor, é quase um ser excepcional como o seu personagem Kung Fury, ao produzir tanta coisa em pouco mais de 30 minutos de duração. Ele mesmo teve a ideia de buscar financiamento em um site de financiamento coletivo (Kickstarter). Mais de 17 mil pessoas doaram, o que gerou mais de US$ 630 mil dólares para produzir o filme. O diretor já afirmou também que o projeto deve virar um longa, passando por novas gravações de todas as cenas.
O curta pode ser visto online, grátis para todos, pois após alcançar a meta do financiamento, ele foi disponibilizado dessa forma. Li em algum lugar e reproduzo aqui: “Para tudo que estiver fazendo e vá assistir Kung Fury!”
__________________________________
Fontes:
Próximo post Post anterior

Você pode gostar disso:

laughingtongue
Rampage: Destruição Total (2018)
Primeiro Aqui

Rampage: Destruição Total (2018)

Davis Okoye é um primatologista (Dwayne Johnson) que compartilha um vínculo inabalável com George, um gorila inteligente que está sob seus cuidados desde o nascimento. Quando um experimento genético desonesto é feito e um acidente atinge o primata e outros animais, eles se transformam em monstros que destroem tudo em seu caminho. Agora Okoye tenta conseguir um antídoto e impedir que seu amigo provoque uma catástrofe. Dirigido por Brad Peyton.

confusedcryingmoney
Aurora (“Sunrise: A Song of Two Humans”, 1927)
Cult

Aurora (“Sunrise: A Song of Two Humans”, 1927)

Seduzido por uma moça da cidade, um fazendeiro tenta afogar sua mulher, mas desiste no último momento. Esta foge para a cidade, mas ele, arrependido, a segue para provar o seu amor. Dirigido por F. W. Murnau.

Filmes

A Chave de Sarah (“Elle s’appelait Sarah”)

Eu indico A Chave de Sarah  (França, 2010) Durante a

0 Comentário

Sem comentários

Você pode ser o primeiro a comentar este post!

Deixe seu comentário

Seus dados estão seguros! Seu endereço de email não será publicado. E seus dados não serão compartilhados com terceiros. Campos obrigatórios marcados como *