Search

Você pode gostar disso:

laughingmoustache
Maze Runner – Correr ou Morrer (2014)
Filmes

Maze Runner – Correr ou Morrer (2014)

Ao acordar dentro de um escuro elevador em movimento, Thomas (Dylan O'Brien) chega à “Clareira”, se vendo rodeado por garotos que o acolhem. O local é um espaço aberto cercado por muros gigantescos. Assim como Thomas, nenhum deles sabe como foi parar ali, nem por quê. Sabem apenas que todas as manhãs as portas de pedra do Labirinto que os cerca se abrem, e, à noite, se fecham. E que a cada trinta dias um novo garoto é entregue pelo elevador. Dirigido por Wes Ball e roteiro de Noah Oppenheim.

crying
Tarde Demais (“Beautiful Boy”, 2010)
Filmes

Tarde Demais (“Beautiful Boy”, 2010)

A jornada de um casal que tenta desesperadamente encontrar alguma explicação, depois de descobrir que seu único filho cometeu um assassinato em massa dentro de sua universidade e depois se suicidou. O filme mostra como eles lidam com a realidade de ter o único filho morto e visto por todos como um assassino cruel. Dirigido por Shawn Ku.

Filmes

O Último Boy Scout (EUA, 1991)

Eu indico The Last Boy Scout (EUA, 1991) Los Angeles.

O Alvo (Hard Target)

Eu indico
Hard Target (EUA, 1993)

Chance Boudreaux (Jean-Claude Van Damme) é um estivador que trabalha no cais de Nova Orleans e que ajuda Natasha Binder (Yancy Butler) a encontrar seu pai desaparecido. Em sua investigação ele descobre uma quadrilha que negocia pessoas, caçando mendigos e ex-combatentes em um jogo mortal. É quando ele decide combater Emil Fouchon (Lance Henriksen), o chefe do negócio, e seus capangas, e entra como principal alvo para a quadrilha mafiosa. Dirigido por John Woo e com Sam Raimi na produção.

Caçada:
Contemplem o resultado de um filme quando juntamos o astro Van Damme, ator belga especialista em artes marciais e ícone dos filmes de ação, com o diretor chinês John Woo, referência em filmes de ação exagerados. O resultado é um presente para quem gosta de muita ação, muita mentira, em cenas muito bem produzidas.
A primeira cena já é uma boa sacada, utilizando o efeito em primeira pessoa, assim temos o ponto de vista visual da vítima, perseguida numa caçada insana. Também a primeira cena de ação com o protagonista Van Damme – depois de toda uma pressão para apresentar o personagem, bem no estilo faroeste – é quase que um resumo da sua forma de lutar; nela ainda não há uso de armas, é uma espécie de briga de rua mesmo (para defender a mocinha), e o ator dá um show de postura e coreografia marcial, com direito aos seus famosos golpes que vemos em outros filmes. A partir daí, quase que a ação não para, eu imagino como seria ver este filme numa sala de cinema com efeito 4DX, mas é bem antigo e eu assisti, pela primeira vez, no antigo Cine Glauber Rocha, em Salvador. Inesquecívela sensação de ver ação de verdade.
Milionários entediados pagam um milhão de dólares para caçar e matar a mais desafiadora presa de todas: o homem. “Matar um homem é como uma droga”, diz o vilão do filme interpretado pelo astro da série Millenium, Lance Henriksen, um ótimo ator principalmente neste tipo papel. Com esta proposta, o diretor usa toda sua criatividade nas cenas. Temos até um assassinato através de um olho mágico.
Com cenas originais e bem coreografadas de luta e ação em geral, com armas de fogo e armas brancas, perseguições e explosões, e com um Van Damme de cabelos longos e o um diretor competente e sem limites, “O Alvo” é diversão garantida.
O ator e o diretor:
Van Damme já estrelou alguns filmes interessantes e possui uma grande legião de fãs. Leão Branco – o Lutador Sem Lei (1990), Duplo Impacto (1991) e A Colônia (1997), independente do roteiro, são bem carregados de ação e podem agradar. Chegou a fazer um filme autobiográfico em 2008, intitulado JCVD (iniciais de seu nome). Mais recentemente, foi o vilão do filme Os Mercenários 2 (2012), que reuniu uma legião de ícones de ação.
O diretor chinês John Woo, durante os anos 70 e 80, tornou-se um dos grandes realizadores de filmes de ação de Hong-Kong, tendo rodado 18 títulos, entre eles Shaolin Men (1975), Hao Xia (1978) e Xiao Jiang (1984). Foi por convite de Van Damme que ele viajou para os EUA para filmar “O Alvo”. O diretor também possui em seu currículo filmes bem satisfatórios de ação, como um dos meus preferidos: A Última Ameaça (1996), com Christian Slater e John Travolta. O filme apresentou pela primeira vez Travolta no papel de vilão, que voltaria a trabalhar em mais um filme legal de John Woo, A Outra Face (1997), que contou também com o ator Nicolas Cage em seu auge. Também recomendo O Pagamento (2003), com Ben Affleck e Uma Thurman. Em 2008, John Woo dirigiu o excelente Red Cliff (A Batalha dos 3 Reinos), com algumas lições voltadas para “a arte da guerra”. Recebeu alguns prêmios no Hong Kong Film Awards e o de melhor diretor no Saturn Award pelo filme “A Outra Face”.
__________________________________
Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Jean-Claude_Van_Damme

http://pt.wikipedia.org/wiki/John_Woo

Próximo post Post anterior

Você pode gostar disso:

laughingtongue
Kingsman 2: O Círculo Dourado (2017)
Na pré

Kingsman 2: O Círculo Dourado (2017)

Um súbito e grandioso ataque de mísseis praticamente elimina o Kingsman, que conta apenas com Eggsy (Taron Egerton) e Merlin (Mark Strong) como remanescentes. Em busca de ajuda, eles partem para os Estados Unidos à procura da Statesman, uma organização secreta de espionagem onde trabalham os agentes Tequila (Channing Tatum), Whiskey (Pedro Pascal), Champagne (Jeff Bridges) e Ginger (Halle Berry). Juntos, eles precisam unir forças contra a grande responsável pelo ataque: Poppy (Julianne Moore), a maior traficante de drogas da atualidade, que elabora um plano para sair do anonimato. Dirigido por Matthew Vaughn.

Filmes

Bom Dia, Vietnã (EUA, 1987)

Eu indico Good Morning, Vietnam (EUA, 1987) Em 1965, o

coolcrying
Esperança e Glória (Reino Unido, 1987)
Filmes

Esperança e Glória (Reino Unido, 1987)

Uma autobiografia do diretor John Boorman, nascido e criado em Londres, durante a Segunda Guerra Mundial. O filme relata a história de um garoto de nove anos que relembra os horrores de uma Inglaterra devastada por bombardeios durante a guerra.

0 Comentário

Sem comentários

Você pode ser o primeiro a comentar este post!

Deixe seu comentário

Seus dados estão seguros! Seu endereço de email não será publicado. E seus dados não serão compartilhados com terceiros. Campos obrigatórios marcados como *