Search

Você pode gostar disso:

Ação Na pré

O Fugitivo (“I Am a Fugitive From a Chain Gang”, 1932)

Eu indico I Am a Fugitive From a Chain Gang

laughingangeltongue
Baywatch: SOS Malibu (2017)
Ação Na pré

Baywatch: SOS Malibu (2017)

Como comédia, Baywatch funciona muito bem. Com situações bem engraçadas, utilizando bem os clichês do gênero, assim como atores adequados ao papel, é uma opção certa para quem quer relaxar e se divertir vendo um filme. Dwayne Johnson, Zac Efron e outros formam uma equipe que vão atrás de uma conspiração criminosa na praia onde eles trabalham como salva-vidas. Dirigido por Seth Gordon.

Museu do cinema em Nova York
Ação Na pré

Museu do cinema em Nova York

Você sabia que em Nova York existe um dos melhores museus do cinema? Em 2015, aproveitei a viagem para conhecer o Museum of the Moving Image, que fica no Queens. É o único museu nos Estados Unidos dedicado a “imagens em movimento”. Por isso, muitas exibições relacionadas a cinema pode ser vistas. Provavelmente é um dos melhores museus sobre cinema do mundo. Vejam algumas fotos que tirei no museu.

laughingtongue

Power Rangers (2017)

Power Rangers EUA, 2017)

A jornada de cinco adolescentes que devem buscar algo extraordinário quando eles tomam consciência que a sua pequena cidade Angel Grove – e o mundo – estão à beira de sofrer um ataque alienígena. Escolhidos pelo destino, eles irão descobrir que são os únicos que poderão salvar o planeta. Mas para isso, eles devem superar seus problemas pessoais e juntarem sua forças, antes que seja tarde demais. Dirigido por Dean Israelite.

Amaduras iradas e dinos-robôs:

Tokusatsu é um termo para referenciar produções de cinema ou TV no Japão que tenham grandes efeitos especiais e super-heróis em live action. Exemplos clássicos que marcaram a infância de muita gente: Jaspion, Changeman, Flashman, Jiraya. A franquia Power Rangers bebeu dessa fonte, pois é uma produção norte-americana inspirada numa série de televisão infantil japonesa, chamada Super Sentai. Este novo filme dos cinco adolescentes que de repente adquirem superpoderes ao mesmo tempo em que a Terra é ameaçada por forças de outro universo, é simplesmente um remake padrão e fiel, uma retomada da série. É como um episódio estendido dos Power Rangers, também introdutório, já que mostra a origem do grupo. O bom é que os efeitos especiais de hoje em dia dão aquele deleite visual que merecemos.

Teria sido melhor se o filme puxasse um pouco essa homenagem aos tokusatsus clássicos e servisse até de porta de entrada para que outros filmes semelhantes chegassem aos cinemas. Muita gente iria surtar quando visse o anúncio de um filme do Jaspion ou Jiraya, apesar de já existirem notícias do aparecimento especial do personagem Jaspion num futuro filme japonês. Além disso, o filme não trouxe grandes novidades, se restringindo a manter o padrão da série original e, dessa forma, não surpreendeu. É bom que filmes assim mantenham a fidelidade ao original e agrade aos fãs, contudo é preciso certa criatividade, assumir riscos, mesmo de forma sutil, e trazer algum elemento novo.

Por outro lado, a mensagem bacana está presente: a união faz a força, a amizade fortalece e a sinergia do grupo atinge seu ponto máximo na hora certa. A própria lógica de controle do Megazord mostra que o grupo precisa estar em sintonia, pois cada parte do robô gigante é controlada por um deles. Um boa sacada também foi mostrar as dificuldades iniciais dos jovens nas primeiras transformações e no uso dos Zords e do Megazord. Quanto à vilã, Elizabeth Banks é um destaque no filme interpretando Rita, ela chega a ser divertida em alguns momentos, embora não demonstre ser uma adversária à altura quando os Rangers estão mais experientes.

Deve agradar aos fãs e possivelmente a muitas crianças. Afinal, temos armaduras especiais, os Zords e o Megazord no filme, embora tudo isso esteja no trailer já que decidiram revelar o melhor do filme no próprio trailer. A parte da ação é bem agradável, embora o filme pudesse ter despendido mais tempo nas cenas de lutas corporais, pois o trailer deixou esse desejo. GO GO!

Tags Relacionadas Changeman, Dean Israelite, Elizabeth Banks, Flashman, Jaspion, Jiraya, Megazord, Tokusatsu, Zord
Próximo post Post anterior

Você pode gostar disso:

laughingtongue
Rampage: Destruição Total (2018)
Na pré

Rampage: Destruição Total (2018)

Davis Okoye é um primatologista (Dwayne Johnson) que compartilha um vínculo inabalável com George, um gorila inteligente que está sob seus cuidados desde o nascimento. Quando um experimento genético desonesto é feito e um acidente atinge o primata e outros animais, eles se transformam em monstros que destroem tudo em seu caminho. Agora Okoye tenta conseguir um antídoto e impedir que seu amigo provoque uma catástrofe. Dirigido por Brad Peyton.

tongueangrypunk
Um Lugar Silencioso (2018)
Terror

Um Lugar Silencioso (2018)

Um Lugar Silencioso é um filme de terror que se sustenta tanto no suspense psicológico (algo que percebemos de cara ao ver o trailer) quanto nas boas cenas de susto que são apresentadas. Mas o conteúdo de destaque está na metáfora que exprime. São apenas 90 minutos de duração, mas prepare-se para ficar incomodado quase o filme inteiro, já que este ficou na linha dos filmes curtos e ótimos. Dirigido por John Krasinski.

cryingtongue
Bohemian Rhapsody (2018)
Filmes

Bohemian Rhapsody (2018)

Rami Malek é o ator do ano! O cara está tão bom que chega a assustar. Ele canta em algumas cenas, mas é no grande palco que se torna a encarnação de Freddie Mercury, principalmente no clímax do filme, cantando ou dublando e se mexendo daquele jeito, com toda a performance do artista a ponto de chegarmos a acreditar que estamos assistindo a um show do Queen no telão, para só depois despertarmos e percebermos que é uma encenação. A respeito do artista Freddie Mercury e da banda Queen, Bryan Singer faz bonito demais e celebra de forma emocionante a trajetória da banda, tendo o Freddie Mercury como principal na história.

0 Comentário

Sem comentários

Você pode ser o primeiro a comentar este post!

Deixe seu comentário

Seus dados estão seguros! Seu endereço de email não será publicado. E seus dados não serão compartilhados com terceiros. Campos obrigatórios marcados como *