Search

Você pode gostar disso:

Destaques Top 10

O Homem Duplicado (“Enemy”, 2013)

O Homem Duplicado (Canadá/Espanha, 2013) Ao assistir um filme, Adam

Destaques Top 10

Monstros

Eu indico Monsters (Reino Unido, 2010) A NASA descobriu formas

crying
A Corte (França, 2016)
Destaques Top 10

A Corte (França, 2016)

Michel Racine (Fabrice Luchini) é um juiz rígido e impiedoso, conhecido pela atitude extremamente profissional nos tribunais. Isso muda quando a jurada de um de seus casos é Ditte Lorensen-Cotteret (Sidse Babett Knudsen), uma mulher por quem foi perdidamente apaixonado muitos anos atrás, mas que o abandonou. Dirigido por Christian Vincent.

It a Coisa

happy
TOP 10 filmes baseados em livros de Stephen King
Destaques Top 10

TOP 10 filmes baseados em livros de Stephen King

Os 10 melhores filmes baseados em livros de Stephen King, escritor norte-americano mundialmente reconhecido como o maior escritor de horror fantástico e ficção de sua geração. Muitos de seus livros foram adaptados para o cinema, embora poucas adaptações tenham sido de seu agrado. Como leitor assíduo de suas obras e cinéfilo sempre ansioso pelos filmes que se aproveitaram delas, montei esse TOP 10 com muito carinho.

happy
TOP 10 melhores filmes lançados em 2017
Top 10

TOP 10 melhores filmes lançados em 2017

Finalmente a nossa lista mais caprichada do ano! Veja nossa seleção dos 10 melhores filmes lançados em 2017. Confira e divirta-se!

tonguepunk
Annabelle 2: A Criação do Mal (2017)
Filmes Na pré Terror

Annabelle 2: A Criação do Mal (2017)

Não podemos negar que o diretor David F. Sandberg conseguiu manter o nível do precursor James Wan, criador de Invocação do Mal e toda essa franquia que também incluí Annabelle e os futuros filmes A Freira e Invocação do Mal 3. A conexão que este filme faz com os anteriores é bem feita, disposta no meio da trama para agradar aos fãs e, para melhorar, esse filme é infinitamente superior ao primeiro Annabelle, que não agradou. É o mesmo diretor de Quando as Luzes se Apagam, que merece ser visto também. O roteiro é do mesmo do primeiro Annabelle, Gary Daubermann. E, é claro, James Wan está na produção, cuidando de seu legado.