Search

Você pode gostar disso:

confusedcryingstar
Síndromes e um século (Tailândia, 2006)
Ficção Científica Filmes Na pré Suspense

Síndromes e um século (Tailândia, 2006)

Situações aparentemente insignificantes ganham um grande significado nesta obra cinematográfica do diretor tailandês Apichatpong Weerasethakul. Retrato da modernização da Tailândia e as síndromes do século, através de situações em um hospital.

Ficção Científica Filmes Na pré Suspense

Bom Dia, Vietnã (EUA, 1987)

Eu indico Good Morning, Vietnam (EUA, 1987) Em 1965, o

happy
Top 10 melhores filmes que tratam do tema “luto”
Ficção Científica Filmes Na pré Suspense

Top 10 melhores filmes que tratam do tema “luto”

O luto, definido como sentimento de tristeza profunda pela morte de alguém, já foi abordado nos filmes de variadas formas. Particularmente, adoro os grandes filmes que trataram deste tema. Possuem lições grandiosas. Assim, neste mês onde todos lembram de quem partiu, selecionamos os 10 melhores filmes sobre o assunto.

moustachetongueangry

Vida (2017)

Life EUA, 2017)

Uma equipe de seis astronautas da Estação Espacial Internacional descobre sinais de vida inteligente em Marte e a investigação do fato gera consequências inimagináveis. Dirigido por Daniel Espinosa.

Este texto não revela os resultados e nem o final, contudo contém SPOILERS…

O filme Vida realmente é sobre o fato de viver, da condição dos seres vivos, que respiram e influenciam o seu ambiente. Junto com isso, a vontade de sobreviver quando sua vida está ameaçada. Uma cena do nascimento do bebê de um tripulante – acompanhado através de uma chamada de vídeo – ocorre propositalmente para mostrar que o filme trata disso. Ao mesmo tempo que nasce essa criação na Terra, temos no espaço 6 membros de uma tripulação que se deparam com a prova viva de que exite vida em marte. Como missão, eles recolheram uma amostra retirada deste planeta que logo se apresenta como um ser vivo. A criatura apresenta um certo carisma com um dos personagens e é exibida para o mundo, através de uma transmissão dessa Estação Espacial Internacional. A humanização dessa criatura é abordada no filme e ela ganha até um nome humano e comum: Calvin. Contudo, após um incidente Calvin se torna um ser hostil que vai tentar acabar com a vida de todos na estação espacial.

Logo percebemos que o filme lida com a questão da sobrevivência. O mais forte e mais esperto tende a acabar com o resto para sobreviver. É fácil, após alguns diálogos, entender que a criatura também está lutando pela sua sobrevivência e, como ela possui atributos incríveis e superiores, como força, agilidade, visão e até inteligência, a própria Terra está ameaçada e a decisão da tripulação acaba sendo impedir que Calvin chegue até nosso lar.

Alguns grandes atores estão no filme, como Jake Gyllenhaal (Animais Noturnos), Ryan Reynolds (Deadpool) e Rebecca Ferguson (A Garota no Trem). Contudo, é o alienígena quem rouba a cena, mesmo se mostrando um assassino frio e meticuloso. Chega a ser bem interessante a forma como ele se move e reage às mudanças no cenário. Qualquer erro passa a ser fatal para os humanos diante de Calvin. Neste quesito o filme tem o seu forte, nas cenas de tensão pela guerra que é travada dos tripulantes com a criatura. O filme até possui cenas trash, no bom uso do estilo. Isso fica melhor ainda com a expertise na condução da câmera, os posicionamentos e movimentos da filmagem são excelentes, é como se o camera man fosse mais um tripulante e estivesse lá sob o mesmo efeito da gravidade. A câmera gira, muda de perspectiva nos momentos certos e isso melhora na sensação que o ambiente confinado da estação precisa passar, além de que ajuda muito nas cenas de ação.

Como roteiro para uma ficção científica, o filme falha numa história sem originalidade e sem um encaminhamento e desfecho interessantes, que gerem uma profunda reflexão. Apesar de ter começado bem com as abordagens sobre seres vivos, sejam humanos ou extra terrestres, isso ficou mais como uma promessa não cumprida de uma boa história. Ao que parece, optou por outro caminho, focando mais nas cenas de suspense e mostrando que podemos não estar preparados para uma ameaça que venha de um contato com seres extraterrestes.

Tags Relacionadas A Garota no Trem, Calvin, crítica, Daniel Espinosa, Deadpool, Jake Gyllenhaal, Rebecca Ferguson, resenha, Ryan Reynold, trash
Próximo post Post anterior

Você pode gostar disso:

clownsecret
O homem que engarrafava nuvens (Brasil, 2009)
Nacional

O homem que engarrafava nuvens (Brasil, 2009)

Documentário nacional que conta a história do baião através da ascensão e queda de um de seus maiores expoentes, o letrista e compositor Humberto Teixeira, conhecido como o "doutor do baião". Responsável por clássicos como "Asa Branca" e "Adeus Maria Fulô", Teixeira atingiu o estrelato nos anos 50 mas acabou quase esquecido. Na década seguinte, com o surgimento da bossa nova, o baião quase caiu na obscuridade. Dirigido por Lírio Ferreira.

laughingtongue
Kingsman 2: O Círculo Dourado (2017)
Filmes

Kingsman 2: O Círculo Dourado (2017)

Um súbito e grandioso ataque de mísseis praticamente elimina o Kingsman, que conta apenas com Eggsy (Taron Egerton) e Merlin (Mark Strong) como remanescentes. Em busca de ajuda, eles partem para os Estados Unidos à procura da Statesman, uma organização secreta de espionagem onde trabalham os agentes Tequila (Channing Tatum), Whiskey (Pedro Pascal), Champagne (Jeff Bridges) e Ginger (Halle Berry). Juntos, eles precisam unir forças contra a grande responsável pelo ataque: Poppy (Julianne Moore), a maior traficante de drogas da atualidade, que elabora um plano para sair do anonimato. Dirigido por Matthew Vaughn.

Filmes

Na Estrada (On The Road, 2011)

Eu indico On The Road (Brasil / França / Reino

0 Comentário

Sem comentários

Você pode ser o primeiro a comentar este post!

Deixe seu comentário

Seus dados estão seguros! Seu endereço de email não será publicado. E seus dados não serão compartilhados com terceiros. Campos obrigatórios marcados como *