Search

Você pode gostar disso:

laughingangelmoustache
Viagem ao Mundo dos Sonhos (Explorers, 1985)
Especial

Viagem ao Mundo dos Sonhos (Explorers, 1985)

Tudo com o que Ben Crandall (Ethan Hawke) sempre sonhou torna-se real quando, com a ajuda de seus amigos Wolfgang Müller (River Phoenix) e Darren Woods (Jason Presson), além da sua imaginação, ele se lança na descoberta de uma nave espacial em seu laboratório. Os três jovens garotos vêem então cada vez mais próxima a oportunidade de fazer a viagem interplanetária que sempre desejaram. Dirigido por Joe Dante.

tonguepunk
Annabelle 2: A Criação do Mal (2017)
Especial

Annabelle 2: A Criação do Mal (2017)

Não podemos negar que o diretor David F. Sandberg conseguiu manter o nível do precursor James Wan, criador de Invocação do Mal e toda essa franquia que também incluí Annabelle e os futuros filmes A Freira e Invocação do Mal 3. A conexão que este filme faz com os anteriores é bem feita, disposta no meio da trama para agradar aos fãs e, para melhorar, esse filme é infinitamente superior ao primeiro Annabelle, que não agradou. É o mesmo diretor de Quando as Luzes se Apagam, que merece ser visto também. O roteiro é do mesmo do primeiro Annabelle, Gary Daubermann. E, é claro, James Wan está na produção, cuidando de seu legado.

laughingtongue
Atômica (2017)
Especial

Atômica (2017)

A proposta é comum: espionagem, Guerra Fria, não confie em ninguém. Contudo, o enredo consegue ser atraente, a história se desenrola muito bem no roteiro de Kurt Johnstead e as cenas de ação são sensacionais e brutais, sendo postas no filme junto com músicas famosas dos anos 80 e 90. Afinal, o filme se passa em 1989, nessa transição entre duas décadas importantes na história. Os diálogos discutem de forma interessante a Guerra Fria e como os espiões foram importantes para evitar que essa guerra tomasse proporções catastróficas e estourasse como o efeito de uma bomba atômica. Mas bombástica no filme mesmo é a Charlize Theron, sua personagem é encaixada com facilidade nesse cenário onde a sobrevivência é constantemente ameaçada.

Visita privilegiada: sala de projeção Cinema do Museu em Salvador

Em 2014 tive a oportunidade de visitar a sala de projeção do Cinema do Museu, aqui em Salvador, Bahia. Muito legal observar e tentar entender as explicações do projecionista sobre como funciona o projetor de 35mm. Hoje em dia quase não existe mais este modelo de projetor, já que foi substituído aos poucos, desde 1999, pelo projetor digital, onde um filme cabe num HD externo.

Agora uma breve explicação deste projetor de 35mm: para obtermos a sensação de movimento, precisamos ver uma sequência de imagens estáticas a uma velocidade mínima de 12 imagens por segundo. No cinema, essa velocidade é de 24 frames (imagens estáticas) por segundo. As películas de cinema são fitas que contém uma sequência de frames, que serão reproduzidas de forma que, a cada 1 segundo, 24 imagens sejam projetadas na tela. Ao lado dos frames fica a faixa de áudio, onde é gravado o som do filme, e nas bordas ficam os furos de tração, que se encaixam nos dentes de engrenagens (rodas dentadas) para movimentar a película pelo projetor.

Componentes básicos de um projetor

Projetor de 35mm

__________________________________

Fontes:
http://pipocadepimenta.com/como-funciona-o-projetor-de-cinema/
http://maquinadecinema.blogspot.com.br/2013/09/projetor-simplex-35mm.html

Tags Relacionadas 35mm, bahia, Cinema do Museu, projetor, Projetor de cinema, salvador
Próximo post Post anterior

Você pode gostar disso:

E o Oscar vai para…
Especial

E o Oscar vai para…

Primórdios do Oscar com algumas curiosidades e a relação com os filmes brasileiros, que na verdade é muito mais do que a maioria imagina, mesmo o Brasil não tendo conquistado nenhuma premiação principal.

Filmes rodados no interior de Minas Gerais (Ouro Preto e redondezas)
Especial

Filmes rodados no interior de Minas Gerais (Ouro Preto e redondezas)

Em nossa última viagem, estivemos no interior de Minas Gerais, principalmente em Ouro Preto. Após conversa com guias locais e um pouco de pesquisa, felizmente descobrimos que alguns filmes foram rodados nessa região, filmes raros que mostram nossa história e cultura. Confiram!

Dica de livro: Tudo Sobre Cinema
Especial

Dica de livro: Tudo Sobre Cinema

Recomendo esse livro que tem me ajudado muito a imergir com profundidade no mundo cinematográfico: “Tudo Sobre Cinema”, editado por Philip Kemp e com o prefácio de Christopher Frayling.

0 Comentário

Sem comentários

Você pode ser o primeiro a comentar este post!

Deixe seu comentário

Seus dados estão seguros! Seu endereço de email não será publicado. E seus dados não serão compartilhados com terceiros. Campos obrigatórios marcados como *