Search

Você pode gostar disso:

coolangelconfused
Clube dos Cinco (The Breakfast Club, 1985)
Destaques Especial

Clube dos Cinco (The Breakfast Club, 1985)

Em virtude de terem cometido pequenos delitos, cinco adolescentes são confinados no colégio em um sábado, com a tarefa de escrever uma redação de mil palavras sobre o que pensam de si mesmos. Apesar de serem pessoas completamente diferentes, enquanto o dia transcorre eles passam a aceitar uns aos outros, fazem várias confissões e tornam-se amigos. Dirigido por John Hughes.

Destaques Especial

Horas de desespero (EUA, 2015)

Eu indico No escape (EUA, 2015) Jack Dwyer (Owen Wilson)

moustachetonguemoney
Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald (2018)
Destaques Especial

Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald (2018)

Newt Scamander reencontra os queridos amigos Tina Goldstein, Queenie Goldstein e Jacob Kowalski. Ele é recrutado pelo seu antigo professor em Hogwarts, Alvo Dumbledore, para enfrentar o terrível bruxo das trevas Gellert Grindelwald, que escapou da custódia da Macusa (Congresso Mágico dos EUA) e reúne seguidores, dividindo o mundo entre seres de magos sangue puro e seres não-mágicos. Dirigido por David Yates e roteiro de J. K. Rowling.

Primeiro Cine Clube CBX em Salvador no fim de janeiro

O Centro Cultural Sesi Casa Branca receberá o ‘Cine Clube Cidade Baixa’, que conta com a produção executiva de Mateus Lima e Leonardo Mota, integrantes do coletivo ‘Dende CBX’. O Projeto ‘Cine Clube CBX’ exibirá filmes de cineastas baianos a partir de janeiro. Dessa forma, a primeira edição será em 31 de janeiro de 2024, com entrada gratuita.

A saber, a iniciativa consiste na realização de sessões periódicas de cinema, sempre na última semana de cada mês.

Cine Clube Cidade Baixa: qual a cor do trem?

‘Qual a cor do trem’ debate o impacto do fim da circulação do trem no Subúrbio Ferroviário de Salvador. Foto: Divulgação/Reprodução

O Centro Cultural Sesi Casa Branca, que fica localizado na Avenida Caminho de Areia, na região da Cidade Baixa de Salvador, receberá os espectadores de forma gratuita. No dia 31 de janeiro, os portões serão abertos às 18h. Interessados em participar do evento poderão retirar o ingresso, presencialmente, a partir deste horário. O espaço comporta até 120 pessoas, por isso, é importante chegar com antecedência ao local. A primeira sessão deve iniciar às 19h.

Sobre o Cine Clube CBX

O projeto ‘Cine Clube CBX’ tem o objetivo de realizar encontros mensais, sempre na última semana do mês, com o propósito de exibir filmes e promover discussões após a sessão, com os diretores e colaboradores. A proposta é exibir filmes autorais, brasileiros e estrangeiros, sobretudo contribuindo de forma agregadora ao território e seus participantes. Sobretudo discussão, reflexão, e síntese de ideias filosóficas e sociais sobre os temas exibidos.

Mateus Lima, o idealizador do projeto, vê, na exibição dos filmes, a possibilidade de impactar de forma positiva a região da Península de Itapagipe. Para Mateus, os cineclubes ajudam a diminuir a falta de acesso a produtos culturais por parte da população baiana. Portanto, “O ‘Cine Clube Cidade Baixa’ é uma proposta que visa agregar valor ao território, trazendo algo novo e que está aberto para conversar com os participantes, gerando sínteses de ideias e network. O amor por cinema, a arte e a cidade baixa são os combustíveis para o projeto ganhar um espaço único em cada coração”, disse.

Estarão presentes no evento os diretores de 5 Fitas, um dos filmes que serão exibidos nessa primeira edição do Cine Clube CBX

Artistas independentes baianos que tiverem interesse em exibir curtas e longas no ‘Cine Clube CBX’, devem sinalizar interesse no e-mail cineclubecbx@gmail.com ou diretamente na página do Instagram do Cine CBX. Além do Sesi Casa Branca, o projeto com o apoio da Velafa Stamps, Cine Horror Festival e Pri Colé Casting.

Sinopses dos filmes de janeiro no Cine Clube CBX

Na estreia do ‘Cine Clube CBX’ serão apresentados os filmes: ‘5 fitas’, de Heraldo de Deus e Vilma Martins, ‘O filme de Carlinhos’, de Henrique Filho, e ‘Qual a cor do trem’, de Deniere Rocha e Rodrigo Carvalho. Em seguida, os idealizadores do projeto pretendem abrir espaço para que os espectadores façam perguntas aos diretores sobre as produções, bem como as problemáticas apresentadas, áreas do cinema e representatividade. Certamente vai proporcionar uma experiência “enriquecedora culturalmente aos participantes“, de acordo com Mateus Lima.

5 Fitas

Em Salvador, todo ano acontece a tradicional festa para Senhor do Bonfim, onde fiéis, turistas e foliões peregrinam até a famosa igreja para amarrar fitas e fazer pedidos. Os irmãos Pedro e Gabriel, que ouvem desde cedo as histórias da avó, decidem se aventurar sozinhos para fazer um pedido especial. Lá, eles aprendem sobre religiosidade, sincretismo e a importância da família.

Cine Clube Cidade Baixa: 5 fitas

Qual a Cor do Trem?

Filmado em oficinas de audiovisual, pintura e desenho na Escola Comunitária Nossa Senhora de Escada. O documentário trata da substituição do trem do Subúrbio Ferroviário de Salvador por um novo modal de transporte: o monotrilho (VLT). Moradores e líderes comunitários questionam a necessidade da obra. Remoção de casas, mudança na paisagem natural e urbana, e o preço excessivo da passagem deste novo projeto de mobilidade.

O Filme de Carlinhos

Carlinhos, garoto sonhador e apaixonado por cinema, quer fazer um filme de terror na pequena cidade onde mora, Ipiaú, no interior da Bahia. Com ajuda dos seus amigos da escola e com o estímulo do dono de uma videolocadora, Carlinhos se dedica para realizar seu sonho.

Cine Clube Cidade Baixa: o filme de Carlinhos

Tags Relacionadas cidade baixa, cine clube cbx, cineclube, cinema, cinema baiano, salvador
Próximo post Post anterior

Você pode gostar disso:

Dica de livro: Tudo Sobre Cinema
Especial

Dica de livro: Tudo Sobre Cinema

Recomendo esse livro que tem me ajudado muito a imergir com profundidade no mundo cinematográfico: “Tudo Sobre Cinema”, editado por Philip Kemp e com o prefácio de Christopher Frayling.

E o Oscar vai para…
Especial

E o Oscar vai para…

Primórdios do Oscar com algumas curiosidades e a relação com os filmes brasileiros, que na verdade é muito mais do que a maioria imagina, mesmo o Brasil não tendo conquistado nenhuma premiação principal.

laughingtonguesecret
Sayonara: curta nacional de Chris Tex e sua carreira
Especial

Sayonara: curta nacional de Chris Tex e sua carreira

O trabalho mais recente do Chris Tex demonstra vanguardismo e amplifica a aceitação de produções cinematográficas brasileiras atípicas, tanto no âmbito do cinema nacional quanto internacional. O curta de ficção Sayonara entrega mistério, ação, suspense e discute xenofobia e violência. Sendo assim, vamos discorrer mais a respeito de Sayonara, curta nacional de Chris Tex e o início de sua carreira internacional.

0 Comentário

Sem comentários

Você pode ser o primeiro a comentar este post!

Deixe seu comentário