Search

Você pode gostar disso:

cryingtonguesecret
Travessia (Brasil, 2013)
Destaques Top 10

Travessia (Brasil, 2013)

Salvador, Brasil. Roberto (Chico Diaz) acabou de perder a esposa e está solitário e infeliz. Além disso, o relacionamento com seu único filho, Júlio (Caio Castro), vai de mal a pior. Um dia, após se embebedar e fracassar ao tentar contratar uma prostituta, ele acaba atropelando um garoto. Desesperado, ele coloca o menino no carro e o leva ao hospital mais próximo. Apesar do socorro imediato, Roberto precisa prestar esclarecimentos na polícia e corre o risco de ser preso. Paralelamente, Júlio se envolve com uma garota (Camilla Camago) e procura se sustentar através do tráfico de drogas em festas badaladas que ocorrem na cidade. Dirigido por João Gabriel.

Destaques Top 10

Helter Skelter (EUA, 2004)

Eu indico Helter Skelter (EUA, 2004) O filme mostra a

laughingtongue
Velozes e Furiosos 8 (2017)
Destaques Top 10

Velozes e Furiosos 8 (2017)

Depois que Brian e Mia se aposentaram, e o resto da equipe foi exonerado, Dom e Letty estão em lua de mel e levam uma vida pacata e completamente normal. Mas a adrenalina do passado acaba voltando com tudo quando uma mulher misteriosa faz com que Dom retorne ao mundo do crime e da velocidade. Dirigido por F. Gary Gray.

happy

TOP 10 originais Netflix para Oscar nenhum botar defeito


Foi uma tortura concluir essa lista visto que os filmes originais Netflix, em sua grande maioria, são decepcionantes. E eu vi muitos para conseguir gostar de dez, chegando ao ponto de cancelar minha assinatura até que um dia tenha motivos para ativar novamente. Enfim, eis que temos 10 filmes bem legais produzidos pela própria Netflix.

01 – Roma (México, 2018)
Mais merecedor do Oscar do que o vencedor da última cerimônia, Greenbook: O Guia. A Netflix acertou muito em lançar este filme primeiramente em sua rede. Alfonso Cuarón foi o diretor do ano e o filme ainda levou a estatueta de melhor em língua estrangeira. Da fotografia que nos leva para longe…

02 – Lazzaro felice (Itália, 2018)
Mais um dos poucos acertos da Netflix foi adquirir dois filmes que passaram no Festival de Cannes, uma das poucas vezes em que a rede disponibiliza filme europeu e cult. Este aqui é uma raridade a ser vista em streamming, produção italiana que levou o prêmio de melhor roteiro no Festival de Cannes. Lazzaro é um camponês tão bondoso, entendido como um simplório, que se encontra com Tancredi, um jovem nobre cheio de imaginação. Dirigido por Alice Rohrwacher.

03 – Winter on fire: Ukraine’s Fight for Freedom (Ucrânia, 2015)
Um dos melhores documentários já feitos, digno de premiação. O que começou como uma manifestação pacífica de estudantes se transforma em 93 violentos dias de revolução na luta pelos direitos civis na Ucrânia. O espectador acompanha tudo muito de perto! Dirigido por Evgeny Afineevsky.

04 – Beasts of no nation (EUA, 2015)
Baseado num romance do autor nigeriano Uzodinma Iweala e premiado no Festival de Veneza, a Netflix lançou globalmente este filme e foi um dos seus primeiros acertos. Também chamou atenção pela atuação de Idris Elba. Separado da família durante a guerra civil, um garoto africano é obrigado a lutar ao lado de mercenários e se tornar um menino-soldado de guerrilha. Escrito, realizado e filmado por Cary Fukunaga.

05 – Divinas (França, 2016)
Depois de aparecer no Festival de Cannes de 2016, foi distribuído para o mundo todo pela Netflix. Uma história forte com um final daqueles. Numa comunidade carente, o tráfico local se confunde com a religião. Dounia, uma jovem que mora na comunidade, decide tentar vencer na vida, seguindo os padrões do lugar onde mora: ela pretende se tornar uma traficante reconhecida e poderosa, contando com a ajuda de Maimouna, sua melhor amiga. Direção de Houda Benyamina.

06 – Ícaro (EUA, 2017)
Simplesmente o vencedor do Oscar de melhor documentário. Dirigido e escrito por Bryan Fogel e Mark Monroe, segue a história de Fogel, um ciclista amador envolvido em um escândalo de doping com a ajuda do chefe do laboratório antidoping Grigory Rodchenkov. É realmente impressionante e merecedor da estatueta.

07 – Okja (Coreia do Sul, 2017)
Filme sul-coreano-americano dirigido por Bong Joon-ho, de Expresso do Amanhã (2013) e O Hospedeiro (2006). No elenco temos a participação de atores americanos como Tilda Swinton, Paul Dano e Jake Gyllenhaal. Uma história comovente e apelo contra a indústria alimentícia, com bons efeitos visuais e cenas de aventura.

08 – O menino que descobriu o vento (2019)
Um dos lançamentos recentes da Netflix, dirigido e estrelado por Chiwetel Ejiofor, que interpretou o protagonista em 12 Anos de Escravidão (2013). Em sua estreia como diretor ele entrega um ótimo resultado! O filme é baseado no livro homônimo de memórias de William Kamkwamba e Bryan Mealer, sendo assim uma emocionante e inspiradora história verídica.

09 – Pérolas no mar (“Us and them”, China, 2018)
Drama romântico chinês dirigido pela cantora e atriz taiwanesa Rene Liu, em sua estréia como diretora. Dois desconhecidos se encontram em um trem e criam um forte vínculo. Dez anos depois, eles se reencontram e refletem sobre o amor que sentem um pelo outro. É um filme muito bonito. Apesar de arrastado, tem um final de arranchar choros e cenas pós créditos maravilhosas e imperdíveis, veja até o final delas sem pestanejar.

10 – Outro lado do vento (EUA, 2018)
Até assusta ver um filme como este na Netflix, extremamente cult e com um formato original. É o último filme de Orson Welles, que havia sido interrompido por conta do falecimento do cineasta. Quarenta anos depois conseguiram recuperar a produção e lançar este filme. É inusitado demais ver o grande diretor John Huston protagonizando o filme, no papel de um diretor que enfrenta problemas para concluir seu último filme, chamado “O Outro Lado do Vento”, devido ao abandono repentino do protagonista, John Dale (Robert Random). Com o orçamento estourado e a pressão de executivos de Hollywood, ele comemora seu aniversário em meio a amigos e inimigos, exibindo aos presentes o que já filmou até o momento. Muito interessante, diferente e peculiar! Nada Netflix…

Tags Relacionadas Beasts of no nation, Divinas, Ícaro, Lazzaro felice, melhores netflix, melhores netflix originais, melhores originais netflix, menino que descobriu o vento, netflix, Netflix Roma, Okja, originais netflix, original netflix, Outro lado do vento, Pérolas no mar, Roma méxico, Roma netflix, top 10 netflix, top10 filmes, top10 filmes netflix, top10 netflix, Winter on fire
Próximo post Post anterior

Você pode gostar disso:

happy
Top 10 dia da mulher: musas do cinema
Top 10

Top 10 dia da mulher: musas do cinema

Parabéns a todas as mulheres neste dia 08 de março de 2017! Quero homenagear destacando as minhas 10 maiores musas do cinema, excelentes atrizes e deslumbrantes mulheres, cada uma em um papel marcante

Faça uma viagem de cinema: Itália
Destaques

Faça uma viagem de cinema: Itália

Passando pela Itália tive a oportunidade de visitar alguns locais de filmes, inclusive um estúdio de cinema italiano! Aqui você vai saber os locais onde foram rodadas cenas de filmes em diferentes cidades e, com o GPS ativado, você chega em cada local com muita facilidade. Meu percurso passou por Roma, Florença, Arezzo, Cortona, Sirmione e Veneza.

laughingtonguesecret
JOB (Brasil, 2019): confira o cartaz oficial do filme e nossa resenha
Especial

JOB (Brasil, 2019): confira o cartaz oficial do filme e nossa resenha

O novo filme com Danilo Ferraz é parte da jornada para que o gênero de ação com conteúdo finalmente tenha uma inserção positiva e chegue a um patamar tão merecido no cinema nacional. Como o próprio curta mostra, é possível entregar ação, suspense e levantar questões sociais numa mesma trama em contexto com situações nas quais o brasileiro convive. E tudo isso em apenas 12 minutos! Confira o cartaz oficial do filme em primeira mão aqui no nosso site e uma resenha especial.

0 Comentário

Sem comentários

Você pode ser o primeiro a comentar este post!

Deixe seu comentário