Search

Você pode gostar disso:

clowntongue
Sou Carnaval de São Salvador (Brasil, 2018)
Filmes

Sou Carnaval de São Salvador (Brasil, 2018)

Não tem como ser baiano e não se emocionar com esse documentário, mesmo não sendo folião. Rico em conteúdo, mostra a história da Bahia, a história da cidade de Salvador, nosso povo, e vai se encaixando com a história e transformação da festa. O conteúdo histórico vai surpreender a muitos. O ponto de vista do povo valida as palavras do narrador através de depoimentos e atitudes mostrados em tela. Comerciantes que trabalham durante a festa, foliões, artistas, mas principalmente esse povo que fica na pipoca. As rápidas entrevistas foram bem selecionadas e bem naturais, muitas divertidas a nos arrancar gargalhadas do nada. Dirigido por Márcio Cavalcante.

Visita privilegiada: sala de projeção Cinema do Museu em Salvador
Filmes

Visita privilegiada: sala de projeção Cinema do Museu em Salvador

Em 2014 tive a oportunidade de visitar a sala de projeção do Cinema do Museu, aqui em Salvador, Bahia. Muito legal observar e tentar entender as explicações do projecionista sobre como funciona o projetor de 35mm. Veja mais detalhes.

Filmes

Che (Espanha, 2008)

Eu indico Che (Espanha / França / EUA, 2008) 26

A Caça (La Caza, Espanha, 1965)

Eu indico
La Caza (Espanha, 1965)
Um grupo de amigos sai para uma caçada numa região que foi cenário de sangrentos conflitos durante a Guerra Civil Espanhola. Dirigido por Carlos Saura.
Obra rara de Carlos Saura:
Quando pensamos no cinema espanhol, temos que lembrar no mínimo dos diretores Luis Buñuel, Pedro Almodóvar e Carlos Saura. Este último, nascido em 1932, possui um leque de filmes interessantes, muitos premiados. Na oportunidade, posso indicar sem ressalvas os poucos filmes de Saura que pude conferir até então: Cría Cuervos (1975), prêmio especial do juri no Festival de Cannes; Mamãe faz cem anos (1979),nomeado ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro; Deprisa, deprisa (1980),Urso de Ouro no Festival de Berlim; e Ay, Carmela! (1990), vencedor de 13 Prêmios Goya.
A Caça” é mais um grande filme de Saura, quase uma raridade. Considerado uma parábola corajosa sobre a Guerra Civil Espanhola, ganhou o prêmio de melhor diretor (Urso de Prata) no Festival de Berlim de 1966. A ansiedade toma conta do espectador a cada minuto, num ensaiosobreódio e rivalidade, por isso a comparação com a guerra. José, Paco e Luís são três amigos e veteranos de guerra que um dia decidem ir à caça na companhia de Enrique, de 20 anos de idade, em sua primeira excursão. Eles vão praticar o seu esporte favorito nas terras de José (caçar coelhos), onde não há muito tempo uma importante batalha da Guerra Civil ocorreu.
A amizade, desgastada por fatores mundanos, vai sendo substituída por sentimentos de inveja, ódio, maldade e cobiça. E como eles estão num cenário de guerra, armados e caçando animais indefesos, a expectativa de que alguém vai sair dos trilhos tomará conta dos espectadores mais nervosos. Diálogos bem colocados, com destaque para os pesamentos interiores dos personagens enquanto se preparam para caçar, também marcamesteclássico do Cinema Espanhol.
__________________________________
Fontes:
Próximo post Post anterior

Você pode gostar disso:

Filmes

The Troll Hunter (“Trollgeren”)

Eu indico The Troll Hunter (Noruega, 2010) O filme conta

laughingmoustachetongue
Venom (2018)
Ação

Venom (2018)

Eddie Brock é um jornalista que entra em contato com um simbionte alienígena e se torna Venom, um dos principais inimigos do Homem-Aranha. Dirigido por Ruben Fleischer.

angelcrying
Docinho da américa (EUA, 2016)
Drama

Docinho da américa (EUA, 2016)

Uma adolescente de espírito livre foge de casa e parte numa viagem ao longo dos Estados Unidos. Para sobreviver, a jovem vende assinaturas de revistas, enquanto curte festas, se apaixona pela primeira vez e também acaba se envolvendo em crimes. Dirigido por Andrea Arnold.

0 Comentário

Sem comentários

Você pode ser o primeiro a comentar este post!

Deixe seu comentário