Search

Você pode gostar disso:

cryingsecret
Mãe só há uma (Brasil, 2016)
Filmes

Mãe só há uma (Brasil, 2016)

Anna Muylaert dirige este filme nacional que poderia vencer um Oscar. Baseado em um caso real, mostra um garoto de 16 anos que descobre que sua mãe não é biológica, quando a mesma é presa pela polícia. Confuso e tendo que morar com seus parentes verdadeiros, que o conhecem como Felipe, o rapaz tem que se adaptar à nova realidade.

moustachetongueangry
Vida (2017)
Filmes

Vida (2017)

Uma equipe de seis astronautas da Estação Espacial Internacional descobre sinais de vida inteligente em Marte e a investigação do fato gera consequências inimagináveis. Dirigido por Daniel Espinosa.

Filmes

Artigas: La Redota

Eu indico Artigas: La Redota (Uruguai, 2011) Em 1884, o

Gilbert Grape – Aprendiz de Sonhador (“What’s Eating Gilbert Grape?”)

combinada

Eu indico
Gilbert Grape – Aprendiz de Sonhador (EUA, 1993)
Gilbert Grape – Aprendiz de Sonhador é o filme de um jovem tão consumido com o que decidem para a vida dele que não tem tempo de pensar se é o que realmente quer fazer. Gilbert Grape (Johnny Depp) vive em Endora, uma cidade pequena e tediosa, e trabalha numa mercearia. Após o suicídio do pai, ele se vê como a figura central da família. Ele que sustenta a casa, ele controla as irmãs e ele tem de cuidar da mãe obesa (Darlene Cates), que come compulsivamente desde a morte do marido, e do irmão Arnie (Leonardo DiCaprio), que é deficiente mental. Ele vive nessa rotina em sua cidade, sem nenhuma novidade surgindo. Até que Becky (Juliette Lewis), uma forasteira que viaja pelos Estados Unidos com sua avó, chega na cidade de Endora e começa a fazer as decisões de Gilbert surgirem e modificarem sua vida.
Depp e DiCaprio:
Um drama familiar bacana, sustentado pela representação e sentido que os personagens dão à trama. Com uma combinação de atores excelentes (Johnny Depp, Juliette Lewis, Leonardo DiCaprio, John C. Reilly, Mary Steenburgen, Darlene Cates) e atuações memoráveis do protagonista (Depp) e coadjuvante (DiCaprio); este último fez provavelmente o melhor papel de sua vida, rendendo uma indicação ao Oscar.
É interessante ver o Johnny Depp mais jovem e no papel de uma pessoa comum, bem diferente de seus exóticos e esquisitos personagens em boa parte dos filmes que fez (Edward Mãos-de-Tesoura, Don Juan DeMarco, Piratas do Caribe, Era Uma Vez no México, Janela Secreta, A Fantástica Fábrica de Chocolate, Sweeney Todd, O Imaginário do Dr. Parnassus, Alice no País das Maravilhas, O Turista, O Diário de Um Jornalista Bêbado, Sombras da Noite). No filme, ele pode ser comparado a uma pessoa qualquer, como eu ou você, seguindo uma rotina traçada e planejada, vivendo na mesma casa que cresceu, sem nunca ter ido a outra cidade. Ele vive mais a vida pela família, quase nunca por si mesmo. Um exemplo disso é a função dele de cuidar do irmão incapacitado Arnie (DiCaprio). E nessa tarefa, ele não pode se distrair nem por um instante. Diante de qualquer erro nesse papel, a responsabilidade e a vergonha caem para o irmão mais velho. Com o suicídio do pai, sua vida se torna quase irreversível, já que os tempos vagos que ele tinha com o irmão sobraram para ele trabalhar e sustentar a fome da mãe.
A mudança causada pela chegada de Becky representa a liberdade que ele não tem. O filme representa como a mudança é necessária para fazer a vida seguir em frente. Todos precisam de uma Becky como exemplo. Ela é interpreta por Juliette Lewis, que está uma graça, combinada com uma fotografia belíssima pelos campos ao redor da cidade, com lagos e céu aberto.
A proposta remete à idéia de não desperdiçar a vida, onde cada momento é valioso e cada mudança é necessária. Aproveitar as oportunidades e não viver por muito tempo numa situação incômoda. Mesmo que o filme não agradasse, já bastaria ver um Leonardo DiCaprio praticamente irreconhecível, mostrando todo o seu potencial de atuação e dando um realismo ao personagem que faz toda a diferença no enredo.

__________________________________
Fontes: 

http://planocritico.ne10.uol.com.br/critica-gilbert-grape-aprendiz-de-um-sonhador/
http://pt.wikipedia.org/wiki/Johnny_Depp

Próximo post Post anterior

Você pode gostar disso:

coolangelcrying
O Circo (1928)
Drama

O Circo (1928)

O Vagabundo acaba indo parar em um circo enquanto fugia da polícia, que o confundira com um ladrão de carteiras. Ele sem querer acaba entrando no espetáculo e fazendo grande sucesso com o público, sendo logo contratado pelo dono, que irá se aproveitar dele. Ele ainda arranja tempo para se apaixonar pela acrobata, filha desse mesmo proprietário. Dirigido e estrelado por Charles Chaplin.

angeltongue
Pica-Pau: O Filme (2017)
Filmes

Pica-Pau: O Filme (2017)

Os adultos de hoje lembram facilmente dos desenhos do Pica-Pau. O personagem foi criado em 1940 pelo artista Walt Lantz, tendo muitas animações produzidas pelo estúdio do próprio artista e distribuídas pela Universal Pictures. É o personagem pássaro de desenho animado mais famoso do mundo. Agora, anos depois do sucesso do desenho, resolveram fazer um filme live-action misturado com animação gráfica, para mostrar esse personagem peculiar. Dirigido por Alex Zamm e escrito por Dave Krinsky e John Altschuler.

clowntongue
Sou Carnaval de São Salvador (Brasil, 2018)
Na pré

Sou Carnaval de São Salvador (Brasil, 2018)

Não tem como ser baiano e não se emocionar com esse documentário, mesmo não sendo folião. Rico em conteúdo, mostra a história da Bahia, a história da cidade de Salvador, nosso povo, e vai se encaixando com a história e transformação da festa. O conteúdo histórico vai surpreender a muitos. O ponto de vista do povo valida as palavras do narrador através de depoimentos e atitudes mostrados em tela. Comerciantes que trabalham durante a festa, foliões, artistas, mas principalmente esse povo que fica na pipoca. As rápidas entrevistas foram bem selecionadas e bem naturais, muitas divertidas a nos arrancar gargalhadas do nada. Dirigido por Márcio Cavalcante.

2 Comentários

    • Olá. Gostaria de ter algum contato seu (e-mail, face, insta ou o que quiser passar) para te enviar uma mensagem convidando a apreciar o meu novo site Eu & a Telona. O blog foi todo reformulado e eu gostaria de divulgar primeiro para as pessoas que fizeram algum comentário sobre os filmes que postei aqui. Obrigadão!

      Reply

Deixe seu comentário