Search

Você pode gostar disso:

Filmes

O incrível homem que encolheu (EUA, 1957)

Eu indico The Incredible Shrinking Man, EUA, 1957 Durante um

laughingconfusedmoustachetongue
Jogador Nº 1 (2018)
Filmes

Jogador Nº 1 (2018)

O ano é 2045. Em Columbus, Ohio, vive Wade Watts (Tye Sheridan), jovem que se vê preso a um mundo onde em vez de resolver os problemas, as pessoas apenas sobrevivem a eles. Morando sob o mesmo teto de sua tia Alice, constantemente vítima de seus detestáveis companheiros perdedores, o garoto encontra a fuga deste ambiente na realidade virtual do jogo OASIS. Dirigido por Steven Spielberg. Resenha SEM spoilers.

clowntonguesecret
Imparável: documentário independente é o filme mais inesperado do ano
Filmes

Imparável: documentário independente é o filme mais inesperado do ano

Em seu perfil no Instagram, Getúlio Felipe declara "O impossível não existe". Esse garoto brasileiro não andava até os 7 anos de idade, em virtude de uma paralisia cerebral. Inesperadamente, contrariando o que a medicina apontava, ele começou a dar os primeiros passos. Do mesmo modo, aos 14 anos, ainda com dificuldade em caminhar e sem as tão aguardadas cirurgias, "Getulinho" aceita o desafio de escalar uma das maiores montanhas da Itália, após convite do diretor Pedro McCardell que nos mostra essa jornada no documentário independente "Imparável" (Driven, 2021).

Snoopy e Charlie Brown: o filme (2015)

Eu indico
The Peanuts Movie (EUA, 2015)

Próximo das férias de inverno, a vida de Charlie Brown e sua turma sofre uma mudança com a chegada na cidade de uma garotinha da cabelo vermelho. Charlie Brown logo se encanta pela jovem e tenta lutar contra sua timidez e sua baixa autoestima para falar com ela. Ao mesmo tempo, Snoopy encontra uma máquina de escrever e começa a imaginar uma história fantasiosa e heroica. Dirigido por Steve Martino.
Das tirinhas para a telona:
O cartunista Charles M. Schulz criou Snoopy e sua turma em 1950, desenhou todas as tirinhas e participou de todas as produções relacionadas aos seus personagens até sua morte, em 2000. Nunca mais ninguém havia escrito novas histórias envolvendo Charlie Brown e sua turma, mas o desenho animado encanta até os dias de hoje. Este filme, então, resgata essa energia que a história infantil sempre passou, com um avanço na parte gráfica para mostrar que estamos muitas décadas a frente, inclusive com a tecnologia 3D foi utilizada.
O filme foi autorizado pela família de Schulz, após anos de negociação. De fato, começou a se concretizar em 2007, após Craig Schulz, filho de Charles, assumir a obra do pai. Junto com o seu filho Bryan, desenvolveu o roteiro para o filme. O resultado é fiel ao ambiente original, uma animação agradável, moderadamente movimentada e engraçada. O sentimento de nostalgia e o carinho pelos personagens pode fazer muita gente gostar do filme, mesmo que não apresente nada muito novo em relação às histórias antigas. A garotinha de cabelo vermelho, a professora e adultos que nunca mostram o rosto e nunca entendemos o que eles falam, o azar inacabável de Charlie Brown, a esperteza e imaginação fértil de Snoopy, a casinha de cachorro de Snoopyonde cabe tudo… temos de tudo um pouco. Existe também umamensagem bem positiva para crianças e adultos, voltada para a importância de ser gentil e altruísta, buscando sempre o bem para as pessoas ao redor, principalmente os amigos. A obra continua sendo uma forma de encarar a vida infantil com leveza e contém algumas lições importantes. A trilha sonora original, de Vince Guaraldi Trio, também está presente.
Como a família Schulz acompanhou o projeto, não tinha como perder a fidelidade com o original. Tem um destaque no filme que é uma dasmarcas registradas da obra:as cenas da imaginação do Snoopy, quando este se transforma no Barão Vermelho e entraem batalhas aéreas que, no fim das contas, refletem um pouco o que o seu dono e amigo Charlie Brown está vivenciando na realidade. A presença do fiel companheiro do Snoopy, o passarinho amarelo chamado Woodstock, inclusive nas cenas do Barão Vermelho, são os momentos mais engraçados do filme, principalmente quando aparecem os filhos de Woodstock, com destaque para um deles que é bem trapalhão.
__________________________________
Fontes:
Próximo post Post anterior

Você pode gostar disso:

cryingtonguesecret
Travessia (Brasil, 2013)
Drama

Travessia (Brasil, 2013)

Salvador, Brasil. Roberto (Chico Diaz) acabou de perder a esposa e está solitário e infeliz. Além disso, o relacionamento com seu único filho, Júlio (Caio Castro), vai de mal a pior. Um dia, após se embebedar e fracassar ao tentar contratar uma prostituta, ele acaba atropelando um garoto. Desesperado, ele coloca o menino no carro e o leva ao hospital mais próximo. Apesar do socorro imediato, Roberto precisa prestar esclarecimentos na polícia e corre o risco de ser preso. Paralelamente, Júlio se envolve com uma garota (Camilla Camago) e procura se sustentar através do tráfico de drogas em festas badaladas que ocorrem na cidade. Dirigido por João Gabriel.

coolcryingstar
Um Sonho de Liberdade (The Shawshank Redemption, 1994)
Clássico

Um Sonho de Liberdade (The Shawshank Redemption, 1994)

Em 1946, o jovem e bem-sucedido banqueiro Andrew "Andy" Dufresne (Tim Robbins) é sentenciado a duas penas consecutivas de prisão perpétua pelo assassinato de sua esposa e de seu amante, a serem cumpridas na Penitenciária Estadual de Shawshank, no Maine, comandada pelo religioso e cruel agente penitenciário Samuel Norton (Bob Gunton). Rapidamente, Andy se torna amigo de Ellis "Red" Redding (Morgan Freeman), interno influente, também sentenciado à prisão perpétua, que controla o mercado negro do presídio. Ao longo das quase duas décadas de Dufresne na prisão, ele se revela um interno incomum. Dirigido por Frank Darabont.

confusedcryingstar
Síndromes e um século (Tailândia, 2006)
Drama

Síndromes e um século (Tailândia, 2006)

Situações aparentemente insignificantes ganham um grande significado nesta obra cinematográfica do diretor tailandês Apichatpong Weerasethakul. Retrato da modernização da Tailândia e as síndromes do século, através de situações em um hospital.

0 Comentário

Sem comentários

Você pode ser o primeiro a comentar este post!

Deixe seu comentário