Search

Você pode gostar disso:

Museu do cinema em Nova York
Filmes Suspense Terror

Museu do cinema em Nova York

Você sabia que em Nova York existe um dos melhores museus do cinema? Em 2015, aproveitei a viagem para conhecer o Museum of the Moving Image, que fica no Queens. É o único museu nos Estados Unidos dedicado a “imagens em movimento”. Por isso, muitas exibições relacionadas a cinema pode ser vistas. Provavelmente é um dos melhores museus sobre cinema do mundo. Vejam algumas fotos que tirei no museu.

Filmes Suspense Terror

Viver (“Ikiru”, Japão, 1952)

Eu indico Ikiru (Japão, 1952) Kanji Watanabe, um idoso burocrata

angrypunk
Demônio (Devil, 2010)
Filmes Suspense Terror

Demônio (Devil, 2010)

Cinco pessoas que ficam presas dentro de um elevador que, misteriosamente, pára de funcionar. O problema é que, aos poucos, tudo vai levando a crer que um daqueles é ninguém menos que o Demônio. Roteiro e produção de M. Night Shyamalan. Dirigido por John Erick Dowdle.

angrypunk

A Tempestade do Século (EUA / Canadá, 1999)

Storm of the Century (EUA / Canadá, 1999)

Little Tall é uma pequena cidade que fica em uma ilha longe do continente e está prestes a receber uma violenta tempestade de neve. Andre Linoge (Colm Feore), um forasteiro bastante estranho, chega na pequena cidade e cria pânico e morte entre os moradores. Ele sabe o segredo de todos os habitantes. Mike Anderson (Timothy Dale), o policial da cidade, tenta manter cada um em alerta contra a forte tempestade e contra Linoge. Dirigido por Craig R. Baxley. Roteiro de Stephen King.

“Dê-me o que quero e eu irei embora”

A Tempestade do Século é uma das melhores histórias criadas por Stephen King, com um terror focado no psicológico e capaz de prender bastante a atenção. Quem encarar o filme, com quatro horas e pouco de duração, não vai se arrepender. O roteiro foi escrito pelo próprio escritor, diferente da maioria de suas adaptações para o cinema, e ele só lançou o livro depois, garantindo assim a fidelidade e o excelente resultado. Nas mãos do Craig R. Baxley, a parceria funcionou muito bem, a sensação de imersão na história é alta, ou seja, o espectador vai se sentir como os personagens presos naquela situação: angustiado, confuso e perplexo. Originalmente, foi produzida como uma mini série de três capítulos para a rede de televisão ABC.

Little Tall é uma pequena ilha do Estado norte-americano do Maine. Os moradores estão se preparando para enfrentar a pior nevasca dos últimos anos. A tranquilidade do lugar é garantida pela convivência com algumas regras básicas, e pelo protagonista Mike Anderson (Timothy Dale), policial da cidade que resolve tudo e acalma as coisas, quando preciso. Mas essa tranquilidade é abalada quando surge, na cidade, de forma inexplicável, um estranho chamado Andre Linoge (Colm Feore), que conhece todos os segredos dos habitantes e gera situações de desconforto, repetindo sempre a mesma frase: “Dê-me o que quero e eu irei embora“. O que vem a partir daí não pode ser contado para não estragar a obra, então pode se preparar para a revelação e os acontecimentos interessantes que virão. A história vai se tornando cada vez mais sufocante até a sua conclusão. Não somente prende a atenção, como toda a explicação para o que acontece é muito criativa.

Um elemento interessante relacionado às histórias de Stephen King são as ligações entre elas. Por exemplo, em “A Tempestade do Século”, a ilha onde a ação acontece, Little Tall, é a mesma do filme Eclipse Total (“Dolores Claiborne”, 1995). Durante outra passagem, um dos moradores fala sobre a cidade de Derry, local onde se passa a história do livro Insônia (Insomnia, 1994) e várias outras (é o local preferido de Stephen King em suas histórias). E em outra cena, um personagem está lendo “The Little Pig”, que é uma das histórias favoritas do garotinho de O Iluminado (“The Shinning”, 1980).

Meu nome é Legião, porque somos muitos” – SPOILER

Ocorre numa das cenas uma referência a uma passagem bíblica. De acordo com os evangelhos, Jesus exorcizou um homem que estava possuído na região dos gerasenos (atualmente Jerash). Ele estava possuído pelo demônio conhecido como “Legião”, uma coletividade de demônios. Quando Jesus pergunta o seu nome, ele responde: “Meu nome é Legião, porque somos muitos.”, assim como ocorre no filme. Uma grande horda de porcos estava se alimentando ali perto e Jesus fez com que os espíritos malignos saíssem do homem e entrassem nos porcos. Aproximadamente 2.000 porcos correram e se jogaram de uma ladeira, afogando-se num lago. Da mesma forma os habitantes da ilha são arrastados para uma direção, tendem a cair e se afogar, como os porcos, se não obedecerem a Linoge.

__________________________________
Fontes:
http://bocadoinferno.com.br/criticas/2013/09/a-tempestade-do-seculo-1999/

Tags Relacionadas crítica, crítica Tempestade do Século, filme Tempestade do Século, filmes Stephen King, resenha, resenha Tempestade do Século, Stephen King, Stephen King filme, Tempestade do Século
Próximo post Post anterior

Você pode gostar disso:

cryingangry
Lembranças de um Verão (Hearts in Atlantis, 2001)
Suspense

Lembranças de um Verão (Hearts in Atlantis, 2001)

Após a morte de um amigo, Bob Garfield visita sua cidade quando era uma criança e começa a relembrar seu passado. Nessa época, quando tinha apenas 11 anos, apareceu em sua vida um senhor misterioso chamado Ted Brautigan. Entretanto, é com a amizade e atenção de Ted que Bobby aprende a ter uma outra visão de seu falecido pai, bem como as possibilidades que a vida lhe oferecia na época. Escrito por William Goldman e dirigido por Scott Hicks.

laughingtongue
Shazam! (2019)
Ação

Shazam! (2019)

Dirigido por David F. Sandberg, Shazam! vem com um tom despretensioso e muitas piadas inclusive com outros personagens importantes como Batman e Superman. Meio à parte do clima obscuro da maioria dos filmes anteriores, mas podemos dizer que a introdução do Shazam nesse universo veio para somar.

cryingmoney
Hanami – Cerejeiras em Flor (Alemanha, 2008)
Romance

Hanami – Cerejeiras em Flor (Alemanha, 2008)

Quando descobre que seu marido tem pouco tempo de vida, Trudi não sabe se deve contar a ele a verdade. Em vez disso, ela decide planejar com Rudi uma viagem, para que aproveitem bem estes últimos momentos juntos. Sonhando conhecer o Japão, país pelo qual é apaixonada, a mulher decide que este será o destino do casal, mas que antes eles irão até Berlim, para fazer uma última visita a seus dois filhos que moram lá. Dirigido por Doris Dörrie.

0 Comentário

Sem comentários

Você pode ser o primeiro a comentar este post!

Deixe seu comentário