Search

Você pode gostar disso:

Filmes Na pré Primeiro Aqui Terror

O discreto charme da burguesia (Espanha, 1972)

Eu indico Le charme discret de la bourgeoisie(França / Itália

confusedmoustacheangry
Coherence (EUA / Reino Unido, 2013)
Filmes Na pré Primeiro Aqui Terror

Coherence (EUA / Reino Unido, 2013)

Durante um jantar, oito amigos começam a falar sobre a proximidade de um cometa, e sobre os rumores de que a passagem deste é capaz de trazer mudanças graves no comportamento das pessoas. Logo após a discussão, a luz acaba e estranhos fenômenos começam a acontecer com os convidados, questionando a noção de realidade. Dirigido por James Ward Byrkit.

tongueangrypunk
Nós (Us, 2019)
Filmes Na pré Primeiro Aqui Terror

Nós (Us, 2019)

De Jordan Peele, mesmo diretor de Corra! Adelaide (Lupita Nyong'o) e Gabe (Winston Duke) decidem levar a família para passar um fim de semana na praia e descansar em uma casa de veraneio. Mas surge uma família misteriosa que os torna reféns e eles percebem que são muito parecidos.

tonguepunk

Cemitério Maldito (2019)

Pet Sematary (EUA, 2019)

A morte é algo natural, conforme dito por Louis Creed, um médico racional interpretado por Jason Clarke que vai sentir na pele a dor da perda. Tudo começa quando sua família se muda para uma nova casa, localizada nos arredores de um antigo cemitério amaldiçoado, usado para enterrar animais de estimação, mas que já foi usado para sepultamento de indígenas. Algumas coisas estranhas começam a acontecer, transformando a vida deles em um pesadelo. Essa é a sinopse do filme dirigido pela dupla Dennis Widmyer e Kevin Kolsch.

Há 30 anos atrás tivemos o filme Cemitério Maldito (1989), dirigido pela Mary Lambert, baseado num dos livros mais assustadores de terror já escritos pelo mestre do gênero Stephen King. Agora temos este remake. Tive o prazer de ler a obra e recomendo muito para quem gosta de histórias de terror. O escritor consegue passar toda a sensação de desconforto com o medo e o horror que vem da perda e introduz uma criativa história envolvendo um cemitério que trás as pessoas e animais enterrados de volta à vida. A escrita de Stephen King é tão boa que a história acaba ficando plausível e arrepiante.

Aproveitando, confira nosso TOP 10 filmes baseados em livros de Stephen King, clicando aqui. Ficou bem caprichada essa lista!

Esse novo filme já ultrapassou US$ 100 milhões nas bilheterias mundiais e custou US$ 21 milhões para ser produzido. Lucro! Mas não me agradou o resultado. Deixa muito a desejar a adaptação, que nem chega perto do impacto e conteúdo da obra e não considero melhor que a primeira adaptação. Serve para relembrar passagens legais da história para quem conhece, mas o filme de 1989 assombrou o suficiente e conseguiu uma fidelidade maior à obra, pecando apenas em não aprofundar a explicação do mal presente no enredo; neste ponto o novo filme acertou, introduzindo o demônio Wendigo, mas no geral buscou uma explicação mastigada do horror como um todo com cenas atropeladas. O ambiente do cemitério em si poderia ter sido mais caprichado também.

Mas vamos focar nos acertos! Este filme foi ousado em reinventar uma das cenas mais fortes do livro (e do primeiro filme), que envolve a primeira catástrofe para a família. Isso ficou interessante e manteve a lógica. Outro ponto positivo foi a atuação de John Lithgow como o velho Jud Crandall, personagem chave com garantia de grandes momentos em tela graças ao ator consagrado. A garotinha Ellie, interpretada pela Jeté Laurence, também está boa no papel. Uma das cenas mais legais envolve os dois, é pesada e bem parecida com a passagem no livro. Boa sorte!

Tags Relacionadas Cemitério Maldito, crítica Cemitério Maldito, crítica Pet Sematary, filme Stephen King, filme terror 2019, Pet Sematary, resenha Cemitério Maldito, resenha Pet Sematary, Stephen King
Próximo post Post anterior

Você pode gostar disso:

cryingtongue
A Mula (2018)
Drama

A Mula (2018)

Todos os filmes de Clint Eastwood são especiais. Como diretor ele é cuidadoso e merece muito respeito, assim vamos venerar também seu novo filme, A Mula (2018), que estreia na próxima quinta nos cinemas, tendo ele mesmo como ator principal. É inspirador ver que aos 88 anos de idade ele entregando mais um filme bacana e ainda no papel principal mostrando ser um excelente ator.

Filmes

O Palhaço que Não Ri (The Buster Keaton Story, 1957)

Eu indico The Buster Keaton Story (EUA, 1957) Cinebiografia do

Filmes

Distrito 9 (“District 9”)

Eu indico Distrito 9 (EUA / Nova Zelândia / África

0 Comentário

Sem comentários

Você pode ser o primeiro a comentar este post!

Deixe seu comentário