Search

Você pode gostar disso:

cryingstar
O Castelo Animado (Japão, 2004)
Ação

O Castelo Animado (Japão, 2004)

Sophie é enfeitiçada por uma Bruxa que transforma-a numa velha senhora. Sem muitas opções, ela acaba tendo que sair de casa em busca de uma forma de quebrar essa maldição. Sabendo que a região tem fama de possuir feiticeiros e bruxas, ela inicia sua jornada por uma trilha pelas montanhas, onde acaba encontrando o magnífico castelo enfeitiçado de Howl, uma geringonça ambulante que volta e meia passava andando pelas localidades interioranas ao redor da cidade.

cryingmoney
9 Canções (Reino Unido, 2004)
Ação

9 Canções (Reino Unido, 2004)

O filme narra uma moderna história de amor, de um jovem casal ao longo de um período de doze meses em Londres, Inglaterra: Matt, um climatólogo britânico, e Lisa, uma estudante de intercâmbio americana. A história é construída a partir de uma reflexão pessoal da perspectiva de Matt, quando ele está trabalhando na Antártida. O filme retrata o casal assistindo a nove shows de rock, intercalados por cenas de sexo explícito. Dirigido por Michael Winterbottom.

Viagem de cinema: Noruega e Dinamarca
Ação

Viagem de cinema: Noruega e Dinamarca

Passando pela região da Escandinávia, mais precisamente pelas capitais da Dinamarca e Noruega, visitei locais de filmes e reuni umas dicas de viagem de cinema. Veja aqui um resumo bacana sobre o cinema escandinavo e os melhores filmes e passeios temáticos de cinema nessa região!

laughing

John Wick: Um Novo Dia para Matar (2017)

John Wick 2 (EUA, 2017)

John Wick 2 (EUA, 2017)

 

Após recuperar seu carro, John Wick (Keanu Reeves) acredita que enfim poderá se aposentar. Entretanto, a reaparição de Santino D’Antonio (Riccardo Scarmacio) atrapalha seus planos. Dono de uma promissória em nome de Wick, por ele usada para deixar o posto de assassino profissional da Alta Cúpula, Santino cobra a dívida existente e insiste para que ele mate sua própria irmã, Gianna (Claudia Gerini). Dirigido por Chad Stahelski.

O bicho papão:
Chad Stahelski, com ajuda do roteirista Derek Kolstad, acaba de mostrar que é um gênio de filmes de ação. Já Keanu Reeves tem a sua carreira como ator ressuscitada após um bom tempo. Provavelmente desde a franquia Matrix o ator só fez filmes descartáveis. Com 52 anos, ele mostra que está em plena forma, se encaixando perfeitamente no papel de John Wick, o cara que é o bicho papão do pedaço. Basta mencionar o nome John Wick que todos ao redor reagem com intensidade, mais forte até do que o nome Christian Grey (brincadeiras à parte com Cinquenta Tons de Cinza).
No primeiro filme, John Wick: de Volta ao Jogo (2014), o assassino profissional aposentado volta à ativa para se vingar dos que mataram seu cachorro. A partir daí, ele faz o maior estrago. Apesar de passar quase desapercebido nos cinemas brasileiros, o primeiro filme fez um certo sucesso, contudo essa sequência é infinitamente superior. São duas horas de projeção com ação insana onde ele terá que sobreviver a um bando de assassinos. Pitadas de comédia bem elaboradas dão um ar mais agradável ainda ao filme.
O diretor Chad Stahelski é o mesmo do primeiro filme e também foi dublê de Reeves em outros filmes. Alguns bons cenários foram escolhidos para a ação, como Roma e também um museu em Nova York com um labirinto de espelhos (o New Museum, em Manhattan). Outro ponto forte foi mostrar todo um submundo dos assassinos profissionais.
John Wick 2 é um dos melhores filmes de ação dos últimos tempos e pode se tornar um clássico. A coreografia das lutas é de qualidade, cenas de ação que misturam tiros e artes marciais. Deve render outras continuações e virar uma grande franquia. Imperdível nos cinemas, por conta também da qualidade sonora. O recomeço importante na carreira de Reeves tem direito até a um reencontro com Laurence Fishburne (que interpretou o Morpheus em Matrix).

__________________________________
Fontes:
http://atarde.uol.com.br/cinema/noticias/1839859-john-wick-2-o-filme-mais-bacana-que-voce-vai-ver-no-ano

Próximo post Post anterior

Você pode gostar disso:

laughingtonguesecret
JOB (Brasil, 2019): confira o cartaz oficial do filme e nossa resenha
Nacional

JOB (Brasil, 2019): confira o cartaz oficial do filme e nossa resenha

O novo filme com Danilo Ferraz é parte da jornada para que o gênero de ação com conteúdo finalmente tenha uma inserção positiva e chegue a um patamar tão merecido no cinema nacional. Como o próprio curta mostra, é possível entregar ação, suspense e levantar questões sociais numa mesma trama em contexto com situações nas quais o brasileiro convive. E tudo isso em apenas 12 minutos! Confira o cartaz oficial do filme em primeira mão aqui no nosso site e uma resenha especial.

laughingmoustache
Maze Runner – Correr ou Morrer (2014)
Ficção Científica

Maze Runner – Correr ou Morrer (2014)

Ao acordar dentro de um escuro elevador em movimento, Thomas (Dylan O'Brien) chega à “Clareira”, se vendo rodeado por garotos que o acolhem. O local é um espaço aberto cercado por muros gigantescos. Assim como Thomas, nenhum deles sabe como foi parar ali, nem por quê. Sabem apenas que todas as manhãs as portas de pedra do Labirinto que os cerca se abrem, e, à noite, se fecham. E que a cada trinta dias um novo garoto é entregue pelo elevador. Dirigido por Wes Ball e roteiro de Noah Oppenheim.

laughingmoustache
Projeto Gemini (2019)
Ação

Projeto Gemini (2019)

Henry Brogan (Will Smith) é um assassino de elite que se torna o alvo de um agente misterioso que aparentemente pode prever todos os seus movimentos. Ele logo descobre que o homem que está tentando matá-lo é uma versão mais jovem, rápida e clonada de si mesmo. Dirigido por Ang Lee.

1 Comentário

Deixe seu comentário