Search

Você pode gostar disso:

O que terá acontecido a Baby Jane? (1962)
Ação Ficção Científica Filmes

O que terá acontecido a Baby Jane? (1962)

Bette Davis é Jane Hudson, uma artista que alcançou a

confusedcryingstar
Mommy (Canadá, 2014)
Ação Ficção Científica Filmes

Mommy (Canadá, 2014)

Canadá, ano de 2015. Diane Després (Anne Dorval) é surpreendida com a notícia de que seu filho, Steve (Antoine-Olivier Pilon), foi expulso do reformatório onde vive por ter incendiado a cafeteria local e, com isso, provocado queimaduras de terceiro grau em um garoto. Os dois voltam a morar juntos, mas Diane enfrenta dificuldades devido à hiperatividade de Steve, que muitas vezes o torna agressivo. Os dois apenas conseguem encontrar um certo equilíbrio quando a vizinha Kyla (Suzanne Clément) entra na vida de ambos. Dirigido por Xavier Dolan.

crying
Tarde Demais (“Beautiful Boy”, 2010)
Ação Ficção Científica Filmes

Tarde Demais (“Beautiful Boy”, 2010)

A jornada de um casal que tenta desesperadamente encontrar alguma explicação, depois de descobrir que seu único filho cometeu um assassinato em massa dentro de sua universidade e depois se suicidou. O filme mostra como eles lidam com a realidade de ter o único filho morto e visto por todos como um assassino cruel. Dirigido por Shawn Ku.

laughingmoustache

Projeto Gemini (2019)

Gemini Man (2019)

Filme de ação utilizando o máximo de recursos tecnológicos da atualidade que permitem a Will Smith contracenar com ele mesmo, sua versão digital 30 anos mais jovem. Surfando essa onda, o filme ainda foi pioneiro no uso da tecnologia 3D+ que recebeu alguns elogios como se esse aspecto fosse o seu diferencial.

Passei por essa experiência, inclusive numa Sala XD e, francamente, não percebi isso tudo. Será que estou naquela categoria de pessoas com dificuldade na fusão binocular, onde as imagens não chegam ao cérebro da maneira correta? De fato, a resolução em tela grande é uma coisa linda e existe uma cena com o 3D bem aproveitado; aliás, a cena em si parece ter sido forçadamente feita para mostrar o potencial do 3D+, tendo tiros, objetos sendo estraçalhados, pedaços voando, enfim. De resto, comparando a outros filmes nos quais fui obrigado a ver em 3D, afirmo que minha expectativa foi frustrada.

“O medo é bom. Significa que você está alerta”

Em se tratando da narrativa, é uma história como outras de ficção que envolve genética e deslancha em cenas de ação. Sem lição profunda alguma, chega a ser minimamente interessante para começar a ser visto, mas cansa antes da metade. Dá para sentir o gostinho do 3D+, sua projeção em 60 quadros por segundo (dobro do formato padrão) e tem efeitos visuais impressionantes. A cena da perseguição com motos é bem bacana, tomadas de câmera perseguindo os personagens, mudando de perspectiva e dando uma boa empolgação. Após isso não senti o filme engatar nas cenas de ação.

Melhor o diretor Ang Lee voltar para seus dramas fortes e ousados como O Segredo de Brokeback Mountain (2005) e Desejo e Perigo (Lust, Caution, 2007), meu preferido sem sombra de dúvidas.

Ademais, Will Smith cumpre o contrato. Interpreta duas pessoas que possuem o mesmo drama e o que chama a atenção mesmo é sua versão 30 anos mais nova, trabalho visual praticamente impecável casado com sua atuação acima da média. A Mary Elizabeth Winstead está bonita, quase forçaram tomadas sexy-clichê, mas existe pouca contribuição de sua personagem para a trama.

Tags Relacionadas Ang Lee, crítica projeto gemini, filme gemini, filme projeto gemini, filmes will smith, Gemini, Gemini Man, Projeto Gemini, resenha filme gemini, resenha projeto gemini, Will Smith
Próximo post Post anterior

Você pode gostar disso:

cryingstarmoustacheangry
A Chegada (2016)
Drama

A Chegada (2016)

Louise Banks é uma linguista convocada pelo governo americano para um grande desafio incomum: dialogar com alienígenas de uma das doze naves que pousaram no planeta terra. No entanto, a resposta para todas as perguntas e mistérios pode ameaçar a vida de Louise e a existência de toda a humanidade. Dirigido por Denis Villeneuve.

laughingsecret
2 Coelhos (Brasil, 2012)
Nacional

2 Coelhos (Brasil, 2012)

Edgar (Fernando Alves Pinto) encontra-se na mesma situação que a maioria dos brasileiros: espremido entre a criminalidade, que age impunemente, e a maioria do poder público, que só age com o auxilio da corrupção. Cansado de ser vítima desta situação, ele resolve fazer justiça com as próprias mãos e elabora um plano que colocará os criminosos em rota de colisão com políticos gananciosos. Na medida que o plano de Edgar é executado, descobrimos pouco a pouco suas reais intenções e sua história, marcada por um terrível acidente e um amor que ele jamais esqueceu. Dois Coelhos é um enigmático suspense de ação onde cada minuto vale mais que todo o passado. Dirigido e escrito por Afonso Poyart.

cryingangry
Memórias Secretas (Remember, Canadá, 2016)
Drama

Memórias Secretas (Remember, Canadá, 2016)

Aos 80 anos, Zev (Christopher Plummer) aceita uma missão incumbida pelo seu colega de asilo, Max Zucker (Martin Landau): deixar o local em que vive em busca de um antigo guarda nazista. Seu objetivo é, mesmo após tantas décadas, puni-lo pelo assassinato de sua família durante a Segunda Guerra Mundial. Só que, ao longo da jornada, Zev precisa lidar com falhas de memória causadas pela idade avançada. Dirigido por Atom Egoyan.

0 Comentário

Sem comentários

Você pode ser o primeiro a comentar este post!

Deixe seu comentário