Search

Você pode gostar disso:

Ação Destaques Ficção Científica Filmes

L’Apollonide: Os Amores da Casa de Tolerância

Eu indico L’Apollonide: Souvenirs de la Maison Close (França, 2011)

angelcrying
3 Idiotas (Índia, 2010)
Ação Destaques Ficção Científica Filmes

3 Idiotas (Índia, 2010)

Dois amigos, Farhan e Raju, embarcam em uma jornada em busca de seu amigo desaparecido, Rancho. Em meio a viagem eles perpassam por uma trajetória através do tempo e da história do amigo que possui um jeito único e que os inspirou a viver sem preocupações e com muita criatividade. Dirigido por Rajkumar Hirani.

cryingtonguesecret
Travessia (Brasil, 2013)
Ação Destaques Ficção Científica Filmes

Travessia (Brasil, 2013)

Salvador, Brasil. Roberto (Chico Diaz) acabou de perder a esposa e está solitário e infeliz. Além disso, o relacionamento com seu único filho, Júlio (Caio Castro), vai de mal a pior. Um dia, após se embebedar e fracassar ao tentar contratar uma prostituta, ele acaba atropelando um garoto. Desesperado, ele coloca o menino no carro e o leva ao hospital mais próximo. Apesar do socorro imediato, Roberto precisa prestar esclarecimentos na polícia e corre o risco de ser preso. Paralelamente, Júlio se envolve com uma garota (Camilla Camago) e procura se sustentar através do tráfico de drogas em festas badaladas que ocorrem na cidade. Dirigido por João Gabriel.

laughingmoustache

Projeto Gemini (2019)

Gemini Man (2019)

Filme de ação utilizando o máximo de recursos tecnológicos da atualidade que permitem a Will Smith contracenar com ele mesmo, sua versão digital 30 anos mais jovem. Surfando essa onda, o filme ainda foi pioneiro no uso da tecnologia 3D+ que recebeu alguns elogios como se esse aspecto fosse o seu diferencial.

Passei por essa experiência, inclusive numa Sala XD e, francamente, não percebi isso tudo. Será que estou naquela categoria de pessoas com dificuldade na fusão binocular, onde as imagens não chegam ao cérebro da maneira correta? De fato, a resolução em tela grande é uma coisa linda e existe uma cena com o 3D bem aproveitado; aliás, a cena em si parece ter sido forçadamente feita para mostrar o potencial do 3D+, tendo tiros, objetos sendo estraçalhados, pedaços voando, enfim. De resto, comparando a outros filmes nos quais fui obrigado a ver em 3D, afirmo que minha expectativa foi frustrada.

“O medo é bom. Significa que você está alerta”

Em se tratando da narrativa, é uma história como outras de ficção que envolve genética e deslancha em cenas de ação. Sem lição profunda alguma, chega a ser minimamente interessante para começar a ser visto, mas cansa antes da metade. Dá para sentir o gostinho do 3D+, sua projeção em 60 quadros por segundo (dobro do formato padrão) e tem efeitos visuais impressionantes. A cena da perseguição com motos é bem bacana, tomadas de câmera perseguindo os personagens, mudando de perspectiva e dando uma boa empolgação. Após isso não senti o filme engatar nas cenas de ação.

Melhor o diretor Ang Lee voltar para seus dramas fortes e ousados como O Segredo de Brokeback Mountain (2005) e Desejo e Perigo (Lust, Caution, 2007), meu preferido sem sombra de dúvidas.

Ademais, Will Smith cumpre o contrato. Interpreta duas pessoas que possuem o mesmo drama e o que chama a atenção mesmo é sua versão 30 anos mais nova, trabalho visual praticamente impecável casado com sua atuação acima da média. A Mary Elizabeth Winstead está bonita, quase forçaram tomadas sexy-clichê, mas existe pouca contribuição de sua personagem para a trama.

Tags Relacionadas Ang Lee, crítica projeto gemini, filme gemini, filme projeto gemini, filmes will smith, Gemini, Gemini Man, Projeto Gemini, resenha filme gemini, resenha projeto gemini, Will Smith
Post anterior

Você pode gostar disso:

cryingtonguesecret
Travessia (Brasil, 2013)
Drama

Travessia (Brasil, 2013)

Salvador, Brasil. Roberto (Chico Diaz) acabou de perder a esposa e está solitário e infeliz. Além disso, o relacionamento com seu único filho, Júlio (Caio Castro), vai de mal a pior. Um dia, após se embebedar e fracassar ao tentar contratar uma prostituta, ele acaba atropelando um garoto. Desesperado, ele coloca o menino no carro e o leva ao hospital mais próximo. Apesar do socorro imediato, Roberto precisa prestar esclarecimentos na polícia e corre o risco de ser preso. Paralelamente, Júlio se envolve com uma garota (Camilla Camago) e procura se sustentar através do tráfico de drogas em festas badaladas que ocorrem na cidade. Dirigido por João Gabriel.

Filmes

Amor Profundo (The Deep Blue Sea)

Eu indico The Deep Blue Sea (EUA / Inglaterra, 2011)

Filmes

Vidas ao Vento (“Kaze Tachinu”, Japão, 2014)

Eu indico Kaze Tachinu (Japão, 2014) Jiro Horikoshi vive em

0 Comentário

Sem comentários

Você pode ser o primeiro a comentar este post!

Deixe seu comentário