Search

Você pode gostar disso:

cryingstarmoustacheangry
A Chegada (2016)
Destaques Filmes Top 10

A Chegada (2016)

Louise Banks é uma linguista convocada pelo governo americano para um grande desafio incomum: dialogar com alienígenas de uma das doze naves que pousaram no planeta terra. No entanto, a resposta para todas as perguntas e mistérios pode ameaçar a vida de Louise e a existência de toda a humanidade. Dirigido por Denis Villeneuve.

Destaques Filmes Top 10

Diário de um Jornalista Bêbado (“The Rum Diary”)

Eu indico Diário de um Jornalista Bêbado (EUA, 2011) Paul

angelcryingtonguemoney
Lady Bird: É Hora de Voar (2017)
Destaques Filmes Top 10

Lady Bird: É Hora de Voar (2017)

Christine McPherson (Saoirse Ronan) está no último ano do ensino médio e o que mais deseja é ir fazer faculdade longe de Sacramento, Califórnia, ideia firmemente rejeitada por sua mãe (Laurie Metcalf). Lady Bird, como a garota de forte personalidade exige ser chamada, não se dá por vencida e leva o plano de ir embora adiante mesmo assim. Enquanto sua hora não chega, ela se divide entre as obrigações estudantis no colégio católico, o primeiro namoro, típicos rituais de passagem para a vida adulta e inúmeros desentendimentos com a progenitora. Escrito e dirigido por Greta Gerwig.

happy

TOP 10 filmes lançados em 2020

TOP 10 filmes em 2020

Esse é o nosso TOP 10 filmes de 2020, os melhores que foram lançados no ano de 2020! Foram 36 filmes pré-selecionados aqui no blog e escolhi os 10 que me causaram as melhores emoções, assim como uma grande satisfação ao término da sessão. Vale filmes onde o ano de lançamento – com base na data registrada no IMDb – é 2020. Importante citar que, até o ano passado, cabiam filmes que tiveram sessão antecipada, por conta de algum festival, para o ano anterior ao lançamento oficial (feito para o público); foi o caso de O Farol, que entrou em nosso TOP 10 de 2019.

Como resultado, vejam a preciosa lista abaixo!

1. Nunca, Raramente, Às Vezes, Sempre (EUA, 2020)

Para um tema polêmico e atual, surpreendentemente temos um filme feito com maturidade e delicadeza pela diretora Eliza Hittman, que também fez o roteiro. Foco na personagem principal – a jornada é dela, a escolha também é dela – contudo sem ser uma proposta tendenciosa. Levou um prêmio raro de filme mais realista (Truly Moving Picture Award) no Heartland Film Festival.

TOP 10 filmes de 2020: Nunca, Raramente, Às Vezes, Sempre

2. Uma Vida Oculta (“A Hidden Life”, EUA/Alemanha, 2019)

Do mesmo diretor de A Árvore da Vida (2011), sendo que eu gostei mais deste novo filme. Muito poético e contemplativo, marcas do diretor, apesar de se passar na Segunda Guerra e ser um filme bem forte. Ademais, é romântico e fotogênico. A narração é maravilhosa e o final dá um sentido maior à obra, sendo também uma homenagem. Escrito e dirigido por Terrence Malick.

3. Crip Camp: Revolução pela Inclusão (EUA, 2020)

O documentário do ano está disponível na Netflix. Assim como o vencedor do Oscar passado, este aqui é produzido pelo casal Obama. Um acampamento de verão para adolescentes com deficiência gerou laços tão fortes que influenciou a criação de um dos mais incríveis movimentos pelos direitos civis. É de arrancar lágrimas principalmente por ter sido real. Dirigido por James Lebrecht e Nicole Newnham.

4. 1917 (EUA, 2019)

Levou o Oscar em algumas categorias técnicas, sobretudo como melhor fotografia, imbatível neste aspecto. Além do mais, é um filme bem humano e possui tomadas de cena espetaculares. A jornada do protagonista é incrível. Dirigido por Sam Mendes.

5. A Vastidão da Noite (EUA, 2019)

A velha discussão a respeito da atração e medo pelo desconhecido toma forma. Um formato inovador e nostálgico, remetendo a Spielberg, Além da Imaginação e Arquivo X. Inegavelmente, é um filme essencial para amantes do universo Scifi e, para muitos, o melhor filme original da Amazon. Dirigido por Andrew Patterson.

6. Corpus Christi (“Boze Cialo”, Polônia, 2019)

O franco-polonês indicado ao Oscar 2020 de melhor filme estrangeiro é uma visão fiel do que deve ser um ofício de um padre num formato bem interessante. Consegue ser incômodo, no bom sentido. Dirigido por Jan Komasa.

TOP 10 filmes de 2020: Corpus Christi

7. O Som do Silêncio (“Sound of Metal”, EUA, 2019)

Fabuloso trabalho com presença e ausência de som, trazendo as sensações do personagem ao espectador. Com técnicas de design de som inovadoras que encantam e assustam. Sobretudo, uma oportunidade de conhecer um pouco da comunidade surda, sua comunicação em libras (língua de sinais), e entender que está longe de ser uma “deficiência”. Riz Ahmed, ator e rapper anglo-paquistanês, também conhecido como Riz MC, tem uma das melhores performances masculinas do ano. Mais um ótimo filme original Prime Video. Dirigido por Darius Marder.

8. A Voz Suprema do Blues (“Ma Rainey’s Black Bottom”, EUA, 2020)

Antes de mais nada, é a melhor chance da Netflix levar o Oscar 2021 de melhor filme. Carregado de grandes atuações, com o Chadwick Boseman como ator do ano e Viola Davis muito boa, novamente. Um mergulho em um dia na vida de uma banda de Blues, seus talentos e conflitos. Utiliza-se de pouco cenário e consegue deixar muitas reflexões. Direção de George C. Wolfe.

9. Joias Brutas (“Uncut Gems”, EUA, 2019)

Um dos pontos altos do acervo na Netflix em 2020, apesar de não ser original Netflix. Inegavelmente a melhor atuação da carreira de Adam Sandler. Com o selo da produtora A24, este é um filme brutal com um final daqueles que você quase não acredita. Dirigido pelos cineastas independentes Benny Safdie e Josh Safdie.

10. Druk (“Another Round”, Dinamarca, 2020)

Eleito melhor filme europeu de 2020 no European Film Awards. Quatro professores entediados decidem testar uma teoria na qual o álcool, quando ingerido em pequenas quantidades, abre mentalidades e aumenta a criatividade. Os resultados iniciais são tão encorajadores que o grupo de amigos decide aumentar a dose. Mads Mikkelsen, que já é um grande ator, ainda levou o prêmio europeu de melhor atuação. Ele está sensacional aqui, especialmente nas cenas onde seu personagem fica embriagado. Uma das poucas comédias inteligentes de 2020, apoiada em conteúdo, gerando situações divertidas e realistas, mas que também é um filme sério, de consequências.

TOP 10 filmes de 2020: Another Round

Dessa vez, não tivemos a presença de filmes nacionais. Pacarrete (2019), de Allan Deberton, poderia muito bem entrar na lista, porém ele foi lançado em 2019 em alguns festivais, onde tive a oportunidade de ver este filme maravilhoso. Sendo assim, no nosso critério de agora ele não poderia entrar. Dessa vez não vou trazer menções honrosas, mas quem quiser saber sobre os outros filmes pré-selecionados é só perguntar aqui, postando um comentário.

Abaixo, confira nosso TOP 10 de 2019:

TOP 10 filmes lançados em 2019

Tags Relacionadas Chadwick Boseman, Crip Camp, Darius Marder, Eliza Hittman, European Film Awards, filme 1917, filme Corpus Christi, filme O Som do Silêncio, filmes 2020, Joias Brutas, Mads Mikkelsen, melhores amazon prime, melhores filmes 2020, melhores netflix, Sam Mendes, Terrence Malick, top 10 filmes, Uma Vida Oculta, Vastidão da Noite
Próximo post Post anterior

Você pode gostar disso:

laughingtongue
Missão: Impossível – Efeito Fallout (2018)
Ação

Missão: Impossível – Efeito Fallout (2018)

Missão impossível mesmo é chegar a 6 filmes de uma mesma franquia sem cair no desinteresse do público e, neste caso, este novo filme foi uma missão cumprida! Dirigido por Christopher McQuarrie.

cryingangry
Drama

Goodnight Mommy (Áustria, 2015)

No calor do verão, uma casa isolada no campo, entre bosques e campos de milho. Gêmeos de dez anos de idade esperam por sua mãe. Quando ela volta, com a cabeça envolta em ataduras após uma cirurgia plástica, nada é como era antes. Severa e distante, ela fecha a família para o mundo exterior. Começando a duvidar que esta mulher é realmente sua mãe, os meninos estão determinados a encontrar a verdade de qualquer maneira. Dirigido por Severin Fiala e Veronika Franz.

crying
Tabu (“Towelhead”, EUA, 2007)
Drama

Tabu (“Towelhead”, EUA, 2007)

Jasira, uma garota de 13 anos, vive com sua mãe americana e o futuro padrasto, que está encantado com a crescente maturidade da garota. Por isso, sua mãe a envia para o Texas com seu rígido pai Libanês. Este trata de educá-la nos valores tradicionais da cultura muçulmana. Entretanto, Jasira segue sem saber muito bem o que fazer com sua sexualidade quando nota como seu corpo afeta os homens que a rodeiam, em especial seu vizinho (Aaron Eckhart), um atraente e intolerante soldado da marinha. Um filme de Alan Ball.

0 Comentário

Sem comentários

Você pode ser o primeiro a comentar este post!

Deixe seu comentário