Search

Você pode gostar disso:

Destaques Filmes Top 10

L’Apollonide: Os Amores da Casa de Tolerância

Eu indico L’Apollonide: Souvenirs de la Maison Close (França, 2011)

crying
Até o fim (“All is lost”, 2013)
Destaques Filmes Top 10

Até o fim (“All is lost”, 2013)

Um navegador experiente está viajando pelo Oceano Pacífico, quando uma colisão com um container leva à destruição parcial do veleiro. Ele consegue remendar o casco, mas terá a difícil tarefa de resistir às tormentas e aos tubarões para sobreviver, além de contar apenas com mapas e com as correntes marítimas para chegar ao seu destino. Escrito e dirigido por J. C. Chandor.

Destaques Filmes Top 10

Fruto Proibido (“Kielletty hedelmä”)

Eu indico Fruto Proibido (Finlândia, 2009) Duas meninas de 18

happy

TOP 10 filmes lançados em 2019

Esse aqui é o TOP 10 melhores filmes de 2019! Vi muitas listas serem lançadas com praticamente os mesmos filmes. Entretanto, a regra aqui é: filmes que mais ME causaram fortes sensações, seja de prazer, medo, surpresa, conteúdo; principalmente, uma grande satisfação ao término da sessão. Sendo assim, temos filmes quase esquecidos assim como filmes óbvios que foram um sucesso de público e crítica em 2019.

Vejam o resultado abaixo! Alguns filmes possuem resenha aqui no site, é só clicar no título.

1. Parasita (Coreia do Sul)

Favorito imbatível ao Globo de Ouro e Oscar, mostrando o nível do cinema coreano que eu muito aprecio. Uma mistura de gêneros com o drama familiar e a diferença de classes em foco, do mesmo diretor de grandes filmes como Mother (2009), O Hospedeiro (2006), Memórias de um Assassino (2003), Expresso do Amanhã (2013) e Okja (2017). Esse cara, Bong Joon Ho, merece mesmo um Oscar. Aproveitando, confere nosso TOP 10 filmes da Coreia do Sul, clicando aqui.

1. Under the Silver Lake (EUA)

Sob o Lago Prateado (em tradução livre) é recheado de cultura pop, com referências a David Lynch, Alfred Hitchcock, entre outros. Eis aqui uma experiência noir, o filme que mais me surpreendeu em 2019. Nem cabe ler a sinopse, não é uma narrativa comum. Contudo, se prepare para mergulhar no submundo da Hollywood, com personagens diversos, muito mistério e referências. Ademais, é o segundo filme de David Robert Mitchel, que estreou com o grande terror Corrente do Mal (2014).

TOP 10 filmes de 2019: Under the Silver Lake

3. Divino Amor (Brasil)

Uma produção nacional com narrativa futurista e que não mede esforços em expor a hipocrisia religiosa. O que mais me chamou atenção foi o desfecho, muito impactante, embora não seja para qualquer pessoa. Inovador e divino, ficando na nossa posição como o melhor filme brasileiro de 2019. Dirigido por Gabriel Mascaro.

TOP 10 filmes de 2019: Divino Amor

4. O Farol (EUA / Canadá)

Robert Eggers já tinha uma moral alta por conta do filme A Bruxa, que porventura ficou no nosso TOP 10 melhores filmes de 2015. Agora ele entrega um filme com ótimo horror psicológico e recheado de simbologias. Pode ter o mesmo impacto que o anterior, contudo é um filme bem diferente, mostrando que o diretor foi além. Dois atores e fotografia impecáveis.

5. Um Elefante Sentado Quieto (China)

Quem desistiu de assistir após perceber que o filme dura 3 horas e 50 minutos, não sabe o que perdeu. Vi com mais entusiasmo do que O Irlandês. Esse filme chinês é um primor e possui um dos melhores finais de todos os tempos. Direção de Bo Hu.

TOP 10 filmes de 2019: Um Elefante Sentado Quieto

6. Era Uma Vez em… Hollywood (EUA)

Um trio difícil de falhar: Tarantino, DiCaprio e Brad Pitt. Você respira cinema durante toda a trama que se passa na Hollywood da década de 1960. Para o diretor, foi um filme pessoal, já que nesta época ele tinha 6 anos de idade e já admirava a Hollywood que enxergava. Confira nossa resenha aqui desse que é um dos grandes favoritos ao Oscar 2020.

7. Bacurau (Brasil)

Kleber Mendonça Filho vem de uma sequencia interessante com O Som ao Redor – meu preferido do diretor, confira a resenha clicando aqui – e Aquarius. Da mesma forma, ele entrega o filme nacional mais comentado do ano, dirigido junto com Juliano Dornelles. Apesar de alguns amarem, outros não gostaram. Contudo, o que importa é: “se for, vá na paz!”

8. O Professor Substituto (L’heure de la sortie, França)

Exibido no Festival Varilux de Cinema Francês, inesperadamente esse suspense superou todas as outras exibições e foi a melhor surpresa do festival. Cheio de mistério e tendo seu melhor momento no final da trama. Surpreendente e deixa um recado.

TOP 10 filmes de 2019: O Professor Substituto

9. John Wick 3: Parabellum (EUA)

A saber, este aqui disputou com Vingadores Ultimato como o melhor filme de ação do ano. Levou o John Wick com o melhor filme de sua trilogia. Sequencias de ação absurdas e bem coreografadas, artes marciais e tiros para ninguém botar defeito. Confira nossa resenha do filme clicando aqui.

10. O Mau Exemplo de Cameron Post (EUA)

Em 1993, Cameron, uma estudante colegial, é forçada a passar pela terapia de conversão homossexual após ser flagrada com a rainha do baile de formatura. Um filme que tratou essa temática tão polêmica de uma forma leve e, ao mesmo tempo, séria. Chloë Grace Moretz interpreta a protagonista com todo seu talento. Ademais, venceu o principal prêmio no festival mais importante de cinema independente dos Estados Unidos (Sundance), a escolha do júri.

TOP 10 filmes de 2019: O Mau Exemplo de Cameron Post

Desta vez deixarei 6 menções honrosas neste TOP 10 de 2019, pois certamente esses filmes não entraram na lista por pouco:

Dor e Glória, de Pedro Almodóvar (Espanha)
Vingadores: Ultimato, de Anthony Russo e Joe Russo (EUA)
Nós (II), de Jordan Peele (EUA)
Pacarrete, de Allan Deberton (Brasil)
Dois Papas, de Fernando Meirelles
Predadores Assassinos (Crawl), de Alexandre Aja

Tags Relacionadas Bacurau, Divino Amor, Dois Papas, Dor e Glória, Era uma Vez em Hollywood, filme nós, filmes 2019, filmes top, John Wick 3 Parabellum, lista filmes 2019, lista melhores filmes, melhores 2019, melhores filmes, melhores filmes 2019, O Farol, O Mau Exemplo de Cameron Post, Pacarrete, Parasita, Predadores Assassinos, Professor Substituto, The Lighthouse, top 10, top 10 filmes, top10, Um Elefante Sentado Quieto, Under the Silver Lake, Vingadores: Ultimato
Próximo post Post anterior

Você pode gostar disso:

coolangelconfusedcryingmoney
Footloose: Ritmo Louco (EUA, 1984 e 2011)
Drama

Footloose: Ritmo Louco (EUA, 1984 e 2011)

Ren McCormick é um rapaz criado na cidade grande que se muda para uma cidade pequena do interior. Disposto a organizar um baile de formatura, Ren acaba descobrindo que dançar não é permitido na cidade. Apaixonado por música, Ren decide lutar pela restauração da dança na cidade e, em meio a isso, acaba conquistando o coração de Ariel Moore. Entretanto, Ariel é a filha do conservador reverendo Shaw Moore, responsável pelo banimento da dança na cidade, em virtude da morte de seu filho. A versão original (1984) foi dirigida por Herbert Ross e a versão de 2011 por Craig Brewer.

coolangelconfused
Clube dos Cinco (The Breakfast Club, 1985)
Filmes

Clube dos Cinco (The Breakfast Club, 1985)

Em virtude de terem cometido pequenos delitos, cinco adolescentes são confinados no colégio em um sábado, com a tarefa de escrever uma redação de mil palavras sobre o que pensam de si mesmos. Apesar de serem pessoas completamente diferentes, enquanto o dia transcorre eles passam a aceitar uns aos outros, fazem várias confissões e tornam-se amigos. Dirigido por John Hughes.

coolcryingstar
Um Sonho de Liberdade (The Shawshank Redemption, 1994)
Clássico

Um Sonho de Liberdade (The Shawshank Redemption, 1994)

Em 1946, o jovem e bem-sucedido banqueiro Andrew "Andy" Dufresne (Tim Robbins) é sentenciado a duas penas consecutivas de prisão perpétua pelo assassinato de sua esposa e de seu amante, a serem cumpridas na Penitenciária Estadual de Shawshank, no Maine, comandada pelo religioso e cruel agente penitenciário Samuel Norton (Bob Gunton). Rapidamente, Andy se torna amigo de Ellis "Red" Redding (Morgan Freeman), interno influente, também sentenciado à prisão perpétua, que controla o mercado negro do presídio. Ao longo das quase duas décadas de Dufresne na prisão, ele se revela um interno incomum. Dirigido por Frank Darabont.

0 Comentário

Sem comentários

Você pode ser o primeiro a comentar este post!

Deixe seu comentário