Search

Você pode gostar disso:

crying
Até o fim (“All is lost”, 2013)
Top 10

Até o fim (“All is lost”, 2013)

Um navegador experiente está viajando pelo Oceano Pacífico, quando uma colisão com um container leva à destruição parcial do veleiro. Ele consegue remendar o casco, mas terá a difícil tarefa de resistir às tormentas e aos tubarões para sobreviver, além de contar apenas com mapas e com as correntes marítimas para chegar ao seu destino. Escrito e dirigido por J. C. Chandor.

Top 10

O Médico e o Monstro (“Dr Jekyll and Mr Hyde”, EUA, 1931)

Eu indico Dr Jekyll and Mr Hyde (EUA, 1931 O

cryingsecret
Tolerância (Brasil, 2000)
Top 10

Tolerância (Brasil, 2000)

Júlio e Márcia são um casal que se permite viver possíveis atividades extraconjugais. Ele é seduzido pela amiga de sua filha enquanto passavam um fim de semana na sua casa de campo. Ao mesmo tempo, sua esposa, uma advogada sempre fiel, envolve-se com um cliente e confessa isso a Júlio. Dirigido por Carlos Gerbase.

happy

Top 10 filmes lançados em 2015

Essa é a minha lista dos melhores filmes lançados em 2015. Clique no nome do filme para ler a resenha:
 
01 – Star Wars – O Despertar da Força (EUA)
A energia dos fãs numa sala de cinema na estreia deste filme foi contagiante. O episódio 7 da saga é como uma retomada dos três filmes antigos (os episódios 4, 5 e 6) com toda aquela atmosfera que eles passaram e junto com os efeitos especiais fantásticos de hoje em dia. Dirigido por J.J. Abrams.
Nota IMDb: 8,4
02 – Filho de Saul (Hungria)
Vencedor do Oscar de melhor filme estrangeiro e do Globo de Ouro, posso confirmar que os prêmios foram justíssimos. Fotografia ousada e grande poder de imersão, fazendo qualquer um sentir na pele tudo o que se passa na trama. Durante a Segunda Guerra Mundial, Saul Ausländer (Géza Röhrig) é um dos prisioneiros do campo de extermínio de Auschwitz. Saul é responsável pela cremação dos corpos dos outros judeus e, em meio à tensão do momento e às dificuldades inerentes desta tarefa, ele reconhece entre os mortos o corpo de seu próprio filho. Dirigido por László Nemes.
Nota IMDb: 7,9
03 – Corrente do Mal (It Follows) (EUA)
O melhor terror do ano consegue assustar, deixar o espectador tenso e também deixar uma grande reflexão sobre questões que os jovens enfrentam na vida. Com algumas coisas nas entrelinhas, repleto de metáforas e num clima de terror clássico, o filme não chegou a conquistar grande público, mas foi bem reconhecido em festivais importantes, como no Festival de Cannes. Dirigido por David Robert Mitchell.
Nota IMDb: 6,9
 
04 – O Menino e o Mundo (Brasil)
Nossa animação recebeu o mais importante prêmio das animações, o Annie Awards, além de mais de 40 prêmios internacionais. A técnica da animação usou desenho com giz de cera e caneta sobre o papel e passa a impressão de que está sendo desenhada por uma criança que vai amadurecendo. A história parte de um simples garoto que vai do campo para a cidade em busca do pai. Consegue retratar bastantes aspectos do povo brasileiro. Dirigido por Alê Abreu.
Nota IMDb: 7,7
05 – A festa de despedida (Mita Tova) (Israel)
Este filme israelense lida com um assunto controverso e polêmico, a eutanásia, mas com uma boa dose de humor que o torna leve e divertido. Um elenco de velhinhos carismáticos que se metem em situações complicadas por causa de uma boa intenção. Fica como a melhor comédia dramática do ano. Dirigido por Tal Granit e Sharon Maymon.
Nota IMDb: 7,1
 
06 – Deus Branco (Feher Isten) (Hungria)
Uma revolta organizada de cães mestiços contra os seus opressores humanos é a proposta deste grande filme que dispensou efeitos especiais e domesticou todos os cães para as cenas. Dirigido por Kornél Mundruczó.
Nota IMDb: 6,9
07 – A Bruxa (EUA / Canadá)
Mais um terror de arte, este filme está surpreendendo a todos. Vencedor de melhor direção (Robert Eggers) no Festival de Sundance, o filme tem muito suspense e diálogos grandiosos, é forte pelas cenas e pela atmosfera que uma família religiosa vive diante da luta contra o pecado e a busca da salvação pela fé. Coisas sem explicação começam a acontecer ao redor da família, animais com comportamentos estranhos, colheitas prejudicadas e sumiço de crianças.
Nota IMDb: 7,4
08 – O Regresso
O filme que deu a Leonardo DiCaprio o seu Oscar tão aguardado é um filme forte, cruel e com muito significado. Entre destaques está a relação homem e natureza, instinto de sobrevivência e respeito por ela. Dirigido por Alejandro González Iñárritu que recebeu o Oscar de melhor diretor por este. Dizem que ele dirige através da fotografia e o filme também recebeu a estatueta por melhor direção de fotografia (Emmanuel Lubezki).
Nota IMDb: 8,2
09 – Mad Max: Estrada da Fúria
Completando com louvor a série Mad Max, nas mãos de seu único diretor e criador George Miller, 30 anos depois do último filme, temos um grande filme de ação, cheio de efeitos visuais e com uma perseguição insana. Além disso, o filme mostra um mundo pós apocalíptico e lida com algumas questões de forma inteligente.
Nota IMDb: 8,1
10 – Goodnight Mommy (Ich seh, Ich seh) (Áustria)
Mais um filme de horror original, com um final surpreendente e angustiante. Também tem uma mensagem a ser passada e uma certa carga dramática. Foi a aposta da Áustria para o seu representante no Oscar 2016 de Melhor Filme Estrangeiro, mas acabou não sendo eleito. Dirigido por Severin Fiala e Veronika Franz.
Nota IMDb: 6,7
A ideia era escolher os 10 mais, então tive que deixar algumas boas opções de fora, como O Clã, Divertidamente, Chappie, No Coração do Mar, O Novíssimo Testamento, Labirinto de Mentiras, Deadpool, entre outros.
 
E que venham os filmes de 2016…
Tags Relacionadas A Bruxa, A festa de despedida, Corrente do Mal, Despertar da Força, Deus Branco, Feher Isten, Filho de Saul, Goodnight Mommy, Ich seh, It Follows, Mad Max Estrada da Fúria, melhores filmes, melhores filmes 2015, Mita Tova, O Menino e o Mundo, O Regresso, top 10, top10
Próximo post Post anterior

Você pode gostar disso:

happy
TOP 10 originais Netflix para Oscar nenhum botar defeito
Destaques

TOP 10 originais Netflix para Oscar nenhum botar defeito

Foi uma tortura concluir essa lista visto que os filmes originais Netflix, em sua grande maioria, são decepcionantes. E eu vi muitos para conseguir gostar de 10, chegando ao ponto de cancelar minha assinatura até que um dia tenha motivos para ativar novamente. Mas ,enfim, eis que temos 10 filmes bem legais produzidos pela própria Netflix.

happy
Top 10 dia da mulher: musas do cinema
Top 10

Top 10 dia da mulher: musas do cinema

Parabéns a todas as mulheres neste dia 08 de março de 2017! Quero homenagear destacando as minhas 10 maiores musas do cinema, excelentes atrizes e deslumbrantes mulheres, cada uma em um papel marcante

happy
Top 10 melhores filmes que tratam do tema “luto”
Top 10

Top 10 melhores filmes que tratam do tema “luto”

O luto, definido como sentimento de tristeza profunda pela morte de alguém, já foi abordado nos filmes de variadas formas. Particularmente, adoro os grandes filmes que trataram deste tema. Possuem lições grandiosas. Assim, neste mês onde todos lembram de quem partiu, selecionamos os 10 melhores filmes sobre o assunto.

0 Comentário

Sem comentários

Você pode ser o primeiro a comentar este post!

Deixe seu comentário