Search

Você pode gostar disso:

coolcryingstar
O Sol é Para Todos (1962)
Especial

O Sol é Para Todos (1962)

Alabama, anos 1930. A pequena Jean (Mary Badham) é uma menina inteligente que tem no seu pai o grande herói. Atticus Finch (Gregory Peck) é um advogado viúvo que cuida de seu casal de filhos pequenos. Idealista e honesto, ele será o defensor de Tom, um negro acusado de estuprar uma mulher branca. Num júri composto apenas de brancos, todos sabem qual será o veredicto. Mas o advogado não desistirá de tentar provar que Tom é inocente. Além desse julgamento, a amizade de Jean com Boo Radley (Robert Duval), um deficiente mental que vive encarcerado em sua casa, vai fazer com que a menina passe a ver o mundo sob uma nova ótica e descobrir que o mundo dos adultos é mais cruel do que parece.

happy
Top 10 filmes lançados em 2016
Especial

Top 10 filmes lançados em 2016

Finalmente a lista dos melhores filmes lançados em 2016. Confira e divirta-se!

coolangelconfused
Clube dos Cinco (The Breakfast Club, 1985)
Especial

Clube dos Cinco (The Breakfast Club, 1985)

Em virtude de terem cometido pequenos delitos, cinco adolescentes são confinados no colégio em um sábado, com a tarefa de escrever uma redação de mil palavras sobre o que pensam de si mesmos. Apesar de serem pessoas completamente diferentes, enquanto o dia transcorre eles passam a aceitar uns aos outros, fazem várias confissões e tornam-se amigos. Dirigido por John Hughes.

Cinco filmes para ver na semana santa: épicos, bíblicos, clássicos

Às vésperas do feriado da semana santa, Eu & A Telona selecionou cinco filmes importantes. Alguns épicos, bíblicos e até clássicos, que podem preencher o seu final de semana santa de alegria, mesmo que você não seja religioso, cristão ou o que seja, afinal são grandes produções e podem agradar a maioria.

Jesus de Nazaré (“Jesus of Nazareth”) de Franco Zefirelli:
Considerado como a mais fiel recriação de cenários com base na narrativa dos evangelhos, esse clássico de 1977 conta a história de Jesus desde sua humilde origem. Mostra sua trajetória incluindo o Sermão no Montes das Oliveiras, as Tentações de Satanás, a escolha dos Doze Apóstolos, a Última Ceia, a Crucificação e a Ressurreição.

Os Dez Mandamentos:
Cecil B. DeMille dirige este inesquecível épico de 1956. A narrativa da vida de Moisés desde que foi encontrado no rio Nilo até a chegada à chamada Terra Prometida, passando pela fuga do Egito e a abertura das águas do Mar Vermelho. Indicado a 7 categorias, ganhou o Oscar de Efeitos Especiais.

Ben-Hur (1959):
Mais um grande épico e clássico, dirigido por William Wyler. Ben-Hur é um dos personagens mais famosos do cinema. Um mercador judeu que é condenado a viver como escravo por um amigo de juventude, Messala, chefe das legiões romanas da cidade. Mas uma surpreendente oportunidade de vingança surge de onde ele menos espera. Apesar de fictícia, a história é delicadamente inserida na época de Jesus Cristo.

Ressurreição (“Risen”) (2016):
Um dos últimos bons filmes desse estilo que passou pelo cinema. Joseph Fiennes interpreta um centurião romano agnóstico e cético que tem a tarefa de localizar o corpo desaparecido do já falecido e crucificado Jesus de Nazaré. Conforme ele apura os fatos e ouve depoimentos, suas dúvidas sobre o evento milagroso começam a sumir. Dirigido por John Huston, a trama tem seu ponto forte em mostrar o ponto de vista de um incrédulo com oportunidade de transformação.

Risen (EUA, 2016)

Agonia e Êxtase (1965):
O Papa Júlio II (Rex Harrison) resolve contratar o artista Michelangelo (Charlton Heston) para pintar o teto da Capela Sistina. Dirigido por Carol Reed, mostra uma das grandes pinturas do mundo, que representa todo o livro Gênesis da Bíblia Sagrada, da forma como Michelangelo o enxergava. A Criação de Adão, um afresco de 280 cm x 570 cm, representa o momento no qual Deus cria o primeiro homem. Pinturas que questionam o verdadeiro sentido do reino dos céus.

Tags Relacionadas Ben-Hur, BenHur, Bíblia, Capela Sistina, Carol Reed, Charlton Heston, Cristo, Cruxificação, DeMille, Deus, Jesus, John Huston, Mandamentos, Michelangelo, Ressurreição, semana santa, Zefirelli
Próximo post Post anterior

Você pode gostar disso:

Viagem de cinema: Itália
Especial

Viagem de cinema: Itália

Passando pela Itália tive a oportunidade de visitar alguns locais de filmes, inclusive um estúdio de cinema italiano! Aqui você vai saber os locais onde foram rodadas cenas de filmes em diferentes cidades e, com o GPS ativado, você chega em cada local com muita facilidade. Meu percurso passou por Roma, Florença, Arezzo, Cortona, Sirmione e Veneza.

Conheça o Cine Drive-in em Brasília
Especial

Conheça o Cine Drive-in em Brasília

Já viveu uma experiência de cinema de dentro do carro? Já viu na TV, Internet ou em cenas de filmes americanos um cinema a céu aberto no qual as pessoas assistem ao filme de dentro do seu próprio carro? Pois fique feliz sabendo que você pode viver essa experiência em Brasília!

Cineclube Fruto do Mato
Especial

Cineclube Fruto do Mato

Você sabia que exite um cineclube voltado para o cinema baiano, onde filmes premiados começaram a ser exibidos desde fevereiro deste ano de 2017, na cidade de Lençóis, Chapada Diamantina, bem no coração da Bahia?

0 Comentário

Sem comentários

Você pode ser o primeiro a comentar este post!

Deixe seu comentário