Search

Você pode gostar disso:

laughingcryingmoustache
Chappie (2015)
Filmes Na pré Primeiro Aqui Romance

Chappie (2015)

Em um futuro próximo, uma opressiva força policial mecanizada é encarregada de patrulhar as ruas e controlar o crime em Joanesburgo, África do Sul. Um dos androides da força policial é roubado e reprogramado com o intuito de ser utilizado como arma pelos criminosos. Ao ser reprogramado, o androide se torna Chappie, o primeiro robô com capacidade de pensar e sentir por si mesmo. Isso faz com que forças poderosas e destrutivas comecem a ver Chappie como uma ameaça para a humanidade e para a ordem pública, e elas farão de tudo para garantir que Chappie seja destruído. Dirigido por Neill Blomkamp.

Filmes Na pré Primeiro Aqui Romance

Fantasia

Eu indico Fantasia (EUA, 1940) Inspirado por músicas clássicas de

moustachetongueangrypunk
Doutor Sono (2019)
Filmes Na pré Primeiro Aqui Romance

Doutor Sono (2019)

Ainda extremamente marcado pelo trauma que sofreu quando criança no Hotel Overlook, Dan Torrance já adulto encontra Abra, uma adolescente corajosa com um dom como o seu. Ao reconhecer instintivamente que Dan compartilha seu poder, Abra pede ajuda contra a impiedosa Rose Cartola e seus seguidores do grupo Verdadeiro Nó, que se alimentam do Brilho de inocentes visando a imortalidade. Dirigido por Mike Flanagan.

tonguemoney

O Sol Também é uma Estrela (2019)

The Sun Is Also a Star (EUA, 2019)

Nicola Yoon é uma escritora que nasceu na Jamaica e cresceu em Brooklin, conhecida pelo romance Tudo e Todas as Coisas de 2015 e também pelo livro que deu origem a este filme, O Sol Também é uma Estrela, de 2016. Ela tem realmente emocionado e cativado jovens e adultos com suas histórias e quem leu seu último livro deve estar com altas expectativas para ver o resultado nas telonas.

Partindo de algo já recorrente em historias românticas, o filme apresenta Natasha (interpretada pela linda Yara Shahidi) que não acredita em destino, somente na ciência. Ela conhece um jovem coreano que também vive em Nova York, Daniel (o Charles Melton da série Riverdale), que é o romântico do filme e vai tentar provar para ela que o amor existe, se sustentando na frase de efeito que marca a trama: abra o coração para o destino. O fator interessante do roteiro é que eles vivem em Nova York e a garota se encontra num turbilhão de emoções pelo fato de que será deportada para a Jamaica com sua família em menos de 12 horas. Eles se conhecem por “acidente” e vão viver esses poucos momentos juntos da forma mais intensa que o destino permitir.

O filme em si não consegue entregar muita emoção e ainda leva a uma conclusão das piores, poderia por sinal ter encerrado minutos antes da conclusão em si e isso reduziria o estrago. O sentimento e a química entre os personagens não ficou muito convincente também… ou será que eu estou pouco sensível? De algo tenho certeza: ficou bem abaixo de produções recentes como A Cinco Passos de Você (2019) ou Como Eu Era antes de Você (2016) e então tendemos a comparar essas produções com a emoção de verdade que fica após assistir Diário de uma Paixão (2004) ou Querido John (2010), todos eles extraídos de romances de sucesso.

Enfim, reconheço três coisas boas no filme (SEM SPOILER): a trilha sonora é realmente apaixonante. Existe uma homenagem carinhosa à Nova York, que fica em evidência o filme inteiro, com lindas cenas, algumas panorâmicas, e também através do sentimento de apego que os personagens, principalmente a Natasha, possuem pela cidade, imprimindo a diversidade que se representa ali através da situação, muitas vezes difícil, dos imigrantes. Por fim, alguns flashbacks narrados pelos personagens acrescentaram um pouco à montagem do filme.

Sem a mínima chance de entrar em nossa lista de melhores filmes adaptados de romances… mas falando nisso, confira nosso Top 10 filmes românticos, clicando aqui.

Tags Relacionadas A Cinco Passos de Você, Como Eu Era antes de Você, Diário de uma Paixão, filme de livro, filme romântico, O Sol Também é uma Estrela, O Sol Também é uma Estrela crítica, O Sol Também é uma Estrela resenha, Querido John (2010)
Próximo post Post anterior

Você pode gostar disso:

tonguepunk
It: A Coisa (2017)
Na pré

It: A Coisa (2017)

Esse filme é um presente merecido para os fãs, já que o resultado ficou excelente. Adaptação feita com muito cuidado, em detalhes, conseguindo ser assustador e ao mesmo tempo agradável. A mensagem principal - que não poderia ficar de fora - está lá: a personificação do medo, que é a definição da Coisa, o palhaço monstruoso que se materializa no medo de suas vítimas e se alimenta dessa sensação de medo. O diretor argentino Andrés Muschietti merece louvor por deixar 2 horas e 15 minutos de diversão e cenas assustadoramente criativas.

cryingtongueangry
Ted Bundy: A Irresistível Face do Mal (2019)
Na pré

Ted Bundy: A Irresistível Face do Mal (2019)

Cinebiografia de Ted Bundy (Zac Efron), serial killer que matou, pelo menos, 30 mulheres em sete estados norte-americanos durante a década de 1970. Bundy se tornou famoso em todo o país, em parte por causa da fama de sedutor, que levou a conquistar várias fãs, e em parte por ter efetuado sua própria defesa nos tribunais. Dirigido por Joe Berlinger.

Filmes

Um dia, um gato (Checoslováquia, 1963)

Eu indico Az prijde kocour (Checoslováquia, 1963) Um contador de

0 Comentário

Sem comentários

Você pode ser o primeiro a comentar este post!

Deixe seu comentário